Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Elétricos | 11/12/2012 | 18h55

Toyota espera incentivo para híbridos em 2013

Estímulos poderão aumentar a demanda pelo Prius, que pode ser fabricado no Brasil

GIOVANNA RIATO, AB

A Toyota acredita que o governo anunciará incentivos para carros híbridos e elétricos em 2013. Medidas do gênero poderiam impulsionar a demanda pelo Prius, que a empresa começará a vender em janeiro no Brasil. “Com o aumento do volume de vendas, poderíamos pensar em produzir localmente”, admite Roberto Braun, gerente de assuntos governamentais da companhia.

Segundo o executivo, a fabricação nacional do modelo é usada inclusive como argumento para pleitear incentivos governamentais. “Já colocamos para eles a possibilidade de desenvolver uma versão flex do Prius, combinando um motor bicombustível a um elétrico”, revela. O gerente avalia que fazer aqui um modelo como este demandaria em torno de dois anos de investimentos. O projeto seria realizado pelo centro de engenharia da Toyota no Japão, de onde o carro é exportado para o Brasil. Há ainda fabricação do modelo na China e na Tailândia.

Apesar do interesse, Braun afirma que o projeto de produzir o Prius localmente ainda está distante. “Um fator determinante para isso é a demanda. Então, por enquanto, não temos previsão para a fabricação brasileira.” O discurso está alinhado ao de outro executivo da empresa. Em agosto deste ano, durante o Salão Latino-Americano de Veículos Elétricos, Ricardo Bastos, diretor de relações públicas e governamentais da companhia, afirmou que o projeto é viável, mas depende de medidas governamentais e da aceitação do carro no mercado (leia aqui).

Enquanto o carro não chega às concessionárias, a Toyota garante negócios com frotistas. Na terça-feira, 11, a companhia formalizou a entrega de 20 Prius para empresas de táxi da cidade de São Paulo. O projeto, que conta com incentivos da prefeitura da cidade, prevê a aquisição de outros 96 carros elétricos até 31 de maio de 2013. As empresas que fornecerão estes veículos ainda não foram definidas (leia aqui).

Assista à entrevista exclusiva com Roberto Braun, gerente de assuntos governamentais da Toyota:



Tags: Toyota, Prius, híbrido, governo, incentivo.

Comentários

  • Wilson Luiz Silva

    - Você ja viu falar na frase que "o brasileiro quer levar vantagem em tudo". Pois , é isso mesmo e o pior é que vem de cima. - A Toyota pede insentivo para a fabricação do Prius ( Carro Híbrido original) no Brasil , mas não o governo brasileiro quer que a Toyota comece fabricando o Flex Hibrido , por que isto? Veja se as demais Montadoras não estão pressionando os Politicos brasileiros para não aceitarem tal proposta.Quem estaria levando vantagens ? Isso não saberemos pois , nós que pagamos nosss imposto em dia só temos deveres, no Brasil só quem tem direitos e proteção são bandidos , corrúptos e pessoas que nada produz a não ser bandidagens.Isto tambem vem de cima.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência