Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

| 21/07/2008 | 00h00

Tendência de downsizing em motores e turboalimentação

A Mercedes-Benz pretende introduzir motores turboalimentados em toda sua linha de veículos nos próximos dois anos e meio.

Automotive Business

A Mercedes-Benz pretende introduzir motores turboalimentados em toda sua linha de veículos nos próximos dois anos e meio. Foi o que revelou à publicação Automotive News Thomas Weber, membro do board responsável por pesquisa e desenvolvimento. A incorporação do turbo aos motores permite construir unidades de força mais compactas, leves e mais eficientes no uso do combustível, sem sacrifício da performance, além de permitir o enquadramento nas novas legislações de emissões. Na Europa, a média de emissões da frota de veículos de cada marca fabricante deve cair de 178 g por quilômetro rodado para 138 g/km até 2012. Em abril deste ano o gerente executivo de Motores EA111 e Ciclo Otto da Volkswagen Alemanha, Hermann Middendorf, veio ao Brasil especialmente para apresentar em simpósio da SAE Brasil a tendência ao desenvolvimento de pequenos motores a gasolina potentes e altamente eficientes, com redução de emissões de CO2. Ele apontou os resultados positivos obtidos pela montadora com a injeção direta e dual charging (uso de turbocharger e compressor) na produção em grande escala de motores como o TSI de 1.4 litro e 125 kW. “Com etanol, a emissão de CO2 é até 30% menor”, afirmou o especialista na ocasião. João Irineu Medeiros, diretor de engenharia da FPT Powertrain Technologies, do grupo Fiat, confirma a tendências de downsizing na área de motores veiculares: “Temos trabalhado junto com a matriz no desenvolvimento das novas tecnologias nessa área” – disse.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência