Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Ford confirma produção local do New Fiesta
New Fiesta brasileiro terá transmissão automatizada de 6 marchas e motor 1.5 entre as opções

Indústria | 16/01/2013 | 13h38

Ford confirma produção local do New Fiesta

São Bernardo começa pela versão hatch com motores 1.5 e 1.6 e opção de câmbio automatizado

REDAÇÃO AB

A Ford confirmou na terça-feira, 15, durante o Salão de Detroit, a decisão de produzir a versão hatch do New Fiesta em São Bernardo do Campo (SP), o9 que deve acontecer ainda no primeiro semestre deste ano. A informação foi antecipada por Automotive Business em dezembro de 2011, em reportagem em que revelamos que a próxima geração do Ka será feita em Camaçari (leia aqui).

A Ford fabricará no Brasil a mais recente geração do New Fiesta, que passou por modificações estéticas no ano passado. Conforme já consta na lista de 2013 do programa de etiquetagem veicular do Inmetro, aqui o carro será produzido em duas versões de acabamento com um novo motor 1.5 e câmbio manual de cinco marchas, outras quatro usam o 1.6, sendo duas delas com transmissão automatizada de seis marchas e dupla embreagem, assim como aquela que equipa parte dos EcoSport 2013 (veja aqui). Segundo fontes, ao menos uma opção de motorização terá comando de válvulas variável (VVT), como a usada pelo New Fiesta vendido nos Estados Unidos, que torna o motor mais eficiente e econômico.

As novas versões do New Fiesta hatch e sedã já foram submetidas à avaliação de consumo e eficiência energética do Inmetro. No caso do hatch, as duas versões 1.5 e as duas 1.6 equipadas com o câmbio automatizado obtiveram nota A, ficando entre os mais eficientes na categoria de compactos. As duas opções do 1.6 com câmbio manual ganharam nota B, numa escala que vai de A a E. Já as quatro versões do sedã, todas com motor 1.6, duas delas com o câmbio automatizado, foram avaliadas com nota A entre os carros considerados médios.

O atual Fiesta Rocam permanece em produção entre as opções de entrada da Ford. Feito em Camaçari (BA), o modelo deve permanecer em linha até o início da produção do novo Ka, esperada para o início de 2014.

MELHORIAS EM SÃO BERNARDO

A fábrica do ABC paulista recebeu novos equipamentos e melhorias para a produção do New Fiesta, num aporte de R$ 800 milhões, anunciado no fim de 2011, que faz parte do programa de investimentos atual da Ford no Brasil, que toaliza R$ 4,5 bilhões. Segundo a empresa, entre as novidades há uma linha de prensas capaz de realizar cinco estágios de prensagem de forma totalmente automática. A área de carroceria foi ampliada e tem agora 310 máquinas automatizadas. A montagem final recebeu um sistema de transportadores aéreos e adequações gerais na linha que facilitam a operação.

Ainda de acordo com a montadora, no setor de pintura foi instalada uma nova linha de aplicação de fosfato por imersão total. Nas próximas semanas a Ford vai revelar o início da produção local, os detalhes técnicos e a estratégia de lançamento.

“O New Fiesta é um compacto premium projetado para ter uma participação importante no Brasil, onde predominam os veículos compactos", afirma o presidente da empresa no Brasil, Steven Armstrong.



Tags: Ford, New Fiesta, São Bernardo do Campo, Ka, Camaçari, linha de prensas, programa de etiquetagem.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência