Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Autopeças | 04/02/2013 | 18h27

Basf amplia produção de catalisadores

Fábrica brasileira recebe investimento para atender aumento da demanda

REDAÇÃO AB

A Basf anunciou na segunda-feira, 4, que vai ampliar a produção de catalisadores automotivos no País. A empresa não informa valor a ser investido, mas afirma em comunicado que a fábrica de Indaiatuba (SP), onde o componente é produzido, receberá “investimento da ordem de sete dígitos em euros (portanto, qualquer número entre € 1 milhão e € 9 milhões) para aumentar a sua capacidade e manter o ritmo de atendimento à demanda crescente do mercado”.

O braço de catalisadores da Basf foi criado em 2006, com a compra por US$ 5 bilhões da empresa americana Engelhard, a primeira no mundo a produzir conversores catalíticos. Com o negócio veio junto a fábrica de Indaiatuba, em operação desde 2000. “Com a adoção de regulamentações ambientais mais rígidas e o aumento da produção de veículos na região, estamos diante de uma grande oportunidade de crescimento”, afirmou em nota o novo diretor da divisão de catalisadores da Basf para a América do Sul, Jeffrey DeAlmeida, recém-nomeado para o cargo. O executivo está há 12 anos na empresa e sempre trabalhou na área de catalisadores, nos setores de desenvolvimento, engenharia, vendas, gerenciamento de produtos e marketing.

Em Indaiatuba são produzidas as cerâmicas catalíticas que são depois industrializadas por fornecedores de catalisadores para motos e veículos leves e pesados. O investimento para ampliação inclui obras de infraestrutura e equipamentos necessários para fornecer aos clientes o desenvolvimento de tecnologias para motores diesel Euro 5, que atendem à regulamentação do Proconve P7, em vigor desde o início de 2012. A nova legislação de emissões encareceu os caminhões e ônibus e causou queda das vendas, que este ano começaram a se aquecer novamente, aumentando a demanda por catalisadores. Assim a Basf espera aproveitar o momento positivo para elevar sua participação no mercado nacional do componente, disputado principalmente com a belga Umicore, que também produz cerâmicas catalíticas no interior paulista, em Americana.

A Basf fornece o elemento catalisador para quatro tipos de sistemas de redução de emissões de poluentes dos motores diesel Euro 5: SCR (Selective Catalytic Reduction, dispositivo de pós-tratamento com ureia de óxido de nitrogênio do escape), Amox (Ammonia Oxidation, para remover o excesso de amônia e pode ser adaptado ao SCR), DOC (Diesel Oxidation Catalyst, para reduzir emissões de monóxido de carbono , hidrocarbonetos e material particulado) e CSF ou DPF (de Catalyzed Soot Filter ou Diesel Particulate Filter, projetados para reduzir as emissões de material particulado, representado pela fumaça preta dos antigos motores diesel).



Tags: Basf, catalisador, emissões, legislação, Proconve, Euro 5.

Comentários

  • Anivaldo Aparecido Trevisan

    Muito bom a concorrência no que se diz sobre catalisadires automotivos, pois algumas empresas neste ramo ainda não caiu na realidade do mercado brasileiro

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência