Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Internacional | 07/02/2013 | 16h48

Harley-Davidson amplia vendas mundiais em 6,2%

Empresa entregou 249.849 unidades em 2012

REDAÇÃO AB

A fabricante de motos Harley-Davidson fechou o ano de 2012 com o lucro das operações em US$ 623,9 milhões, alta de 13,8% em relação ao ano anterior. A receita em 2012 foi de US$ 5,58 bilhões, crescimento de 5,1%. Segundo a empresa, de janeiro a dezembro do ano passado o lucro por ação foi de US$ 2,72, ante os US$ 2,33 registrados em 2011, aumento de 16,7%.

Em 2012, os concessionários Harley-Davidson em todo o mundo venderam 249.849 motocicletas zero-quilômetro da marca, resultando em alta de 6,2% sobre 2011, com alta de 6,6% nos Estados Unidos. A empresa atribui essa alta à conquista de compradores de uma faixa etária mais baixa que a de seu público tradicional.

No Brasil foram vendidas 6.856 unidades em 2012, alta expressiva de 58,6% sobre 2011, quando a própria fabricante assumiu as vendas da marca com a saída do Grupo Izzo. Na Ásia-Pacífico, as vendas cresceram 14,3%. Na região denominada Emea, que compreende Europa, Oriente Médio e África, houve recuo de 3% na comparação com 2011.

A receita de motocicletas cresceu 5,9%, US$ 3,76 bilhões, enquanto a de acessórios e peças cresceu 5,3%, atingindo US$ 859,9 milhões. Já a General Merchandise, que inclui roupas e acessórios, cresceu 9,2%, ou US$ 299,4 milhões, em relação a 2011. A margem bruta para o ano foi de 34,8%, enquanto a margem operacional foi de 14,5%, ante 33,4% e 12% em 2011, respectivamente.

Segundo a fabricante, o lucro com a venda de motocicletas ao redor do mundo cresceu 7,5% no último trimestre e 6,2% quando comparado ao mesmo período de 2011. Os rendimentos do quarto trimestre de 2012 geraram US$ 70,6 milhões de lucro, com uma receita de US$ 1,17 bilhão. Comparado com 2011, o mesmo período entregou US$ 54,6 milhões de lucro e US$ 1,18 bilhão de receita. O trimestre também apresentou ganho de US$ 0,31 por ação, crescimento de 29,2% comparado ao ano anterior, quando esse número foi de US$ 0,24 por ação.

RESULTADOS PARA SERVIÇOS FINANCEIROS

O lucro da divisão de serviços financeiros foi de US$ 63 milhões no quarto trimestre de 2012, crescimento de 10,9% se comparado aos US$ 56,8 milhões no mesmo período de 2011. Em todo o ano de 2012, o lucro foi de US$ 284,7 milhões, aumento de 5,9% em relação aos US$ 268,8 milhões de 2011.

PROJEÇÕES

Em 2013, a Harley-Davidson pretende embarcar de 259 mil a 264 mil motocicletas para os distribuidores e concessionários ao redor do mundo em 2013, o que resultará em um aumento de 4,5% a 6,5% sobre 2012. No primeiro trimestre de 2013, a companhia espera faturar para os distribuidores entre 71 mil e 76 mil motos, aumento entre 10% e 18% frente a 2011. Os planos da companhia para o embarque de motocicletas no primeiro trimestre deste ano refletem a implantação da nova linha de produção em York no primeiro semestre de 2013. A companhia espera uma margem bruta entre 35,25% e 36,25% no acumulado do ano. Os investimentos devem subir de US$ 200 milhões para US$ 220 milhões em 2013.



Tags: Harley-Davidson, motos, motocicletas, Grupo Izzo, Ásia-Pacífico, Emea, Serviços Financeiros.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Automotive Business
Avenida Iraí, 393, CJ 53, Moema, São Paulo - SP - CEP 04082-001 | Tel.: (11) 99996-1656