Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Duas Rodas | 21/02/2013 | 22h10

Motos têm nova retração na primeira quinzena

Início do mês somou 64.389 unidades, queda de 4,9% ante igual período de janeiro

MÁRIO CURCIO, AB

A venda de motos na primeira quinzena de fevereiro somou 64.389 unidades segundo dados do Renavan publicados pela Fenabrave, federação que reúne as associações de concessionários. Na comparação com igual período de janeiro, o número representa uma queda de 4,9% e tem como motivo o carnaval.

No confronto com os emplacamentos da primeira metade de fevereiro de 2012, a queda é ainda maior, de 18,46%. Dois motivos justificam essa diferença acentuada: em fevereiro do ano passado a restrição ao crédito ainda não tinha afetado de forma tão rigorosa o segmento de duas rodas. E a festa de Momo ocorreu na segunda quinzena daquele mês. No acumulado de 2013 chegaram às ruas 190.790 novas motos, uma retração de 13,39% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Nos primeiros 11 dias úteis de fevereiro, 51.557 motos Honda zero-quilômetro chegaram às ruas, o equivalente a 80% dos emplacamentos no período. Com 10,7% do setor no período, a Yamaha teve 6.906 unidades emplacadas. Surpreende o desempenho da Shineray, que tomou o quinto lugar da Kasinski em janeiro e segurou o posto até primeira metade de fevereiro. No acumulado de 2013, a marca de origem chinesa baseada em Pernambuco teve 1.715 unidades emplacadas, ante 1.619 da fabricante instalada em Manaus.

A diferença entre terceira e quarta colocadas é menos dramática. No acumulado do ano, a Suzuki teve 4.912 unidades, equivalentes a 2,57% do mercado. Com 3.443 motos vendidas do início do ano para cá, a Dafra detém 1,8% do setor.



Tags: Emplacamentos, Renavam, Fenabrave, motos, motocicletas, Honda, Yamaha, Suzuki, Dafra, Kasinski, Shineray.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência