Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Combustíveis | 11/03/2013 | 19h06

Etanol perde vantagem sobre a gasolina em São Paulo

Relação entre os preços ultrapassa a marca de 70%

AGÊNCIA ESTADO

A marca de 70% na relação entre os preços do etanol e da gasolina em São Paulo foi ultrapassada na primeira semana de março, atingindo 71,23%, informou a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). É a primeira vez que a correlação rompe o patamar desde a última semana de abril de 2012, quando ficou em 70,18%. Na última semana de fevereiro de 2013, estava em 69,82%. Na avaliação de especialistas, o uso do etanol deixa de ser vantajoso ante a gasolina quando o preço do derivado da cana-de-açúcar representa mais de 70% do valor do combustível proveniente do petróleo.

A vantagem é calculada considerando que o poder calorífico do motor a etanol é de 70% do poder dos motores a gasolina. Abastecer com etanol se tornou ainda mais desvantajoso na capital paulista, apesar do reajuste recente nos valores da gasolina, que subiram 2,48% de acordo com o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da primeira quadrissemana de março. O resultado mostra uma desaceleração ante o fechamento de fevereiro, quando a gasolina avançou 4,01%, contribuindo para o arrefecimento da inflação do grupo Transportes (0,84% para 0,69%) dentro do índice.

Segundo o economista e coordenador do IPC, Rafael Costa Lima, o impacto do reajuste nos preços da gasolina, de 6,6% nas refinarias, autorizado pelo governo no fim de janeiro, deve continuar a aparecer no IPC até o fim de março. "Nas pesquisas de ponta (semanal), já está perto do zero", disse.

Contudo, os preços do etanol (4,35%) avançaram em ritmo mais expressivo que os da gasolina. “A alta reflete o período da entressafra da cana, quando os estoques estão baixos. Quem contava com o etanol para se proteger da alta da gasolina não vai conseguir. A relação deve manter-se acima dos 70% no curto prazo, ao menos enquanto não entrar a safra nova, em abril”, afirmou, acrescentando que, na ponta, o combustível já sobe 5,20%.



Tags: Etanol, gasolina, preços, Fipe.

Comentários

  • Antony Greenhalgh

    Vou ser breve em meu comentário apesar de querer falar muito mais. O preço do Etanol é ridiculo pois sempre está a 70% do preço da gasolina não importando se a mesma aumentou o diminuiu o preço. Não há qualquer relação de linearidade na composição de preços da Gasolina e do Etanol pois ambos são de origem e processo de fabricação completamente distintos e sabemos que seu frete, comum a ambos, representa baixa percentagem na composição de seu preço final. Estamos diante de um cartel protegido por muita propina e pessimamente fiscalizada pelo governo. Até logo e boa sorte a todos nós Brasileiros.

  • Antony Greenhalgh

    Vou ser breve em meu comentário apesar de querer falar muito mais. O preço do Etanol é ridiculo pois sempre está a 70% do preço da gasolina não importando se a mesma aumentou o diminuiu o preço. Não há qualquer relação de linearidade na composição de preços da Gasolina e do Etanol pois ambos são de origem e processo de fabricação completamente distintos e sabemos que seu frete, comum a ambos, representa baixa percentagem na composição de seu preço final. Estamos diante de um cartel protegido por muita propina e pessimamente fiscalizada pelo governo. Até logo e boa sorte a todos nós Brasileiros.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência