Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Implementos ensaiam recuperação no primeiro bimestre

Mercado | 12/03/2013 | 18h18

Implementos ensaiam recuperação no primeiro bimestre

Vendas de pesados crescem 27,55% e leves recuam 15,32% sobre mesmo período de 2012

REDAÇÃO AB

As vendas de implementos rodoviários esboçaram reação no primeiro bimestre: com 9,4 mil unidades emplacadas do segmento de pesados (reboques e semirreboques) houve aumento de 27,55% sobre igual intervalo do ano passado, quando foram vendidas 7,3 mil unidades. Já o segmento leve, de carrocerias sobre chassis, apresentou retração de 15,32% na mesma base de comparação, de 15,5 mil unidades contra as 18,3 mil do ano passado, segundo dados divulgados na terça-feira, 12, pela Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários (Anfir).

No acumulado de dois meses, com a soma dos segmentos, o setor de implementos rodoviários registrou queda de 3,02% no primeiro bimestre, totalizando 27,5 mil unidades emplacadas.

“O ambiente atual favorece a aquisição de implementos rodoviários do segmento pesado, com disponibilidade de crédito e taxa de juros melhor. O resultado é o crescimento de 27,55% no primeiro bimestre”, explica em nota o presidente da associação, Alcides Braga.

O executivo aponta que o setor de leves precisa de mais atenção no quesito oferta de crédito: “Esse segmento é majoritariamente formado por pequenas e médias empresas que têm mais dificuldade de acesso a linhas de financiamento com juros melhores. Por isso o desempenho de vendas de carrocerias sobre chassi ainda segue negativo.” Segundo a entidade, 89% das associadas estão entre micro, pequenas e médias empresas.

O cenário macroeconômico tem beneficiado o setor de implementos neste início de ano, como a produção industrial brasileira, que registrou aumento de 2,5% em janeiro sobre dezembro, segundo dados do IBGE. A pesquisa mostrou que houve alta de 8,2% na produção de bens de capital, 0,9% de bens intermediários, 2,5% de bens de consumo duráveis e 0,2% de bens de consumo semi e não duráveis.

“Esses indicadores mostram que há retomada na atividade industrial como um todo beneficiando diretamente o setor produtor de implementos rodoviários”, comentou o diretor executivo da Anfir, Mario Rinaldi.

escrever



Tags: Implementos rodoviários, Anfir, reboques, semirreboques, carrocerias, chassis.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência