Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Insumos | 13/03/2013 | 18h30

Nissan usará aço mais leve, maleável e resistente

Material reduzirá em até 17% o peso dos carros

REDAÇÃO AB

A Nissan usará um novo tipo de aço, mais leve, maleável e resistente, na produção tanto dos seus modelos quanto da marca Infiniti. Com a liga metálica, conhecida como AHSS (advanced high tensile strength steel), conta a fabricante, é possível uma redução de até 17% do peso final dos veículos.

O primeiro carro a ser fabricado com esse aço de alta resistência será o sedã esportivo de luxo Infiniti Q50, lançado este ano em Detroit e que será vendido no Brasil a partir do fim do ano que vem. Os veículos Nissan começam a ser produzidos com o novo material a partir de 2017.

DESENVOLVIMENTO

O aço AHSS foi desenvolvido pela Nissan em parceria com a Nippon Steel & Sumitomo Metal Corporation e a Kobe Steel. Tem 1,2 GPa (gigapascal - unidade padrão de medição da resistência à tensão), com alta capacidade de moldagem, podendo ser usado na produção de componentes com formatos complexos. Para utilizá-lo não serão necessárias alterações nas linhas de produções. Outra vantagem é o alto índice de elasticidade, o que permite redução na quantidade de material usado para a fabricação de um veículo e, consequentemente, diminuição no custo total de produção.

A Nissan calcula que até 2017 cerca 25% do peso do veículo correponderá à liga metálica. A criação do AHSS é parte do plano ambiental “Nissan Green Program 2016”, que visa a redução, até o final do ano-fiscal 2016, de até 35% nos níveis de consumo de combustível de seus modelos em relação aos níveis de 2005.



Tags: Nissan, aço, Infiniti, veículos, produção.

Comentários

  • felipe

    Esse realmente e o aço mas leve mais maleável

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência