Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 19/03/2013 | 13h18

Motos mantêm tendência de retração

Acumulado de 2013 é inferior até a igual período de 2009, pior ano da história

MÁRIO CURCIO, AB

O segmento de motos registrou na primeira quinzena de março 71.343 unidades emplacadas, queda de 15,2% em relação ao mesmo período de 2012. O acumulado do ano revela 299.637 unidades, retração de 16,9% em relação ao período equivalente do ano passado. Os dados são da Fenabrave, federação que reúne as associações de concessionários.

O volume deste início de 2013 está abaixo inclusive do período equivalente de 2009, pior ano da história recente do setor, que teve 302.440 unidades emplacadas até o meio de março. Estudo da consultoria Autoanálise ressaltou também os maus resultados no começo deste ano. As projeções da empresa apontavam retrações de 6,5% e de 14,6% em janeiro e fevereiro, respectivamente, ante iguais meses de 2012. Contudo, essas reduções foram ainda maiores, de 11,8% e 24,9%.

“O volume semanal de emplacamentos vem crescendo, mas ainda está abaixo dos níveis de 2012”, afirma o consultor e sócio da Autoanálise, Francisco Mendes. A empresa acredita que o primeiro semestre terá resultado 6,5% inferior ao dos primeiros seis meses do ano passado e resultará no fechamento ou consolidação de concessionárias (concentração em grandes grupos), já que a venda de motos novas representa 80% do total do modelo de negócios nesse setor.

Mendes acredita em redução do índice de inadimplência, principal motivo da retração nas vendas de motos. Em 2011, segundo os fabricantes de motocicletas, os financiamentos responderam por 52% dos negócios fechados no setor. Em 2012 esse número caiu para 41% com a restrição ao crédito.



Tags: Motos, motocicletas, Fenabrave, duas rodas, emplacamentos, Autoanálise, Francisco Mendes.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência