Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Leves | 22/03/2013 | 18h52

Honda Fit linha 2014 chega às concessionárias

Nova família chega com quatro versões, duas a menos que a linha 2013

REDAÇÃO AB

A família do Honda Fit diminuiu de tamanho: a versão 2014 do modelo chega às concessionárias da marca com duas versões a menos: agora são quatro versões, a de entrada DX com câmbio manual, a intermediária LX nas opções câmbio manual ou automático, e a topo de linha EX, única versão com transmissão automática. Na linha 2013, o modelo contava com as versões intermediária EX câmbio manual e a topo de linha EXL automático. A versão Twist, nas opções manual e automática, não entra na lista e figura como modelo especial.

O Fit manteve todos os atributos das versões anteriores, sem nenhuma mudança interna ou externa. Continuam com os itens de série airbags frontais duplos para motorista e passageiro, apoio de cabeça e cinto de segurança de três pontos para os cinco ocupantes com pré-tensionador e limitador de força com regulagem de altura para os bancos dianteiros em todas as versões.

As versões DX e LX contam com motor 1.4 flex com potência de 101 cv com etanol e de 100 cv quando abastecido com gasolina. A topo de linha vem com propulsor 1.5 e alcança 116 cv com etanol e 115 cv com gasolina. Tanto a transmissão manual quanto a automática têm 5 velocidades. Nas versões DX e LX, o sistema de freio é dianteiro a disco e traseiro a tambor. Já a EX possui freio a disco nas quatro rodas. Exceto na DX, todas as versões vêm com freios ABS e EBD. Vidro elétrico com travamento em todas as portas e ar condicionado são itens de série em toda a linha Fit. Na versão EX o sistema de ar condicionado é digital.

Segundo a Honda, os preços sugeridos permanecem os mesmos da linha 2013:

Honda



Tags: Honda, Fit, Fit Twist, câmbio manual, câmbio automático.

Comentários

  • getulio

    A Honda, não sei porque razão, vem eliminando alguns modelos de seus veículos. Por exemplo, o City não vem mais com câmbio manual no modelo EX, o que frustra alguns proprietários que gostam do câmbio manual, que é mais econômico, tem melhor arrancada, permite mais gosto de dirigir, etc. Agora, no lançamento do Fit 2014 reduziu as versões e na top de linha não vem mais com AR CONDICIONADO DIGITAL (conforme se vê no site da honda que antes em relação ao ar condicionado dizia no modelo top de linha, EX, "automático e digital"). Isto é um retrocesso. Enquanto os outros fabricantes nos veículos da mesma faixa de preço vêm acrescentando equipamentos mais modernos e eficientes, a Honda retira esses equipamentos de seus veículos e mantém o mesmo preço. Isto é um descaso com o consumidor. Ela está dando um tiro no pé.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência