Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Duas Rodas | 04/04/2013 | 19h02

Importação de bicicletas volta a crescer em 2013

No primeiro bimestre entraram 53.310 unidades, alta de 9% sobre igual período do ano passado

MÁRIO CURCIO, AB

A importação de bicicletas voltou a crescer no Brasil. Segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), o País trouxe nos dois primeiros meses deste ano 53.310 unidades, alta de 9% na comparação com o mesmo período de 2012, quando 48.786 bicicletas vieram do exterior.

Em 2012 as importações haviam recuado como consequência da alta do Imposto de Importação para esse tipo de produto. Para este ano, a Abraciclo, que reúne fabricantes do setor, estima a vinda de 330 mil unidades do exterior até o fim do ano, alta de 10% em relação ao ano passado.

O perfil dessas bicicletas mudou. Há uma década eram produtos simples, com pouco valor agregado e vendidos no varejo por menos de R$ 200. Os modelos trazidos atualmente têm alto valor pela sofisticação. Em regra utilizam suspensões (dianteira ao menos), materiais nobres e freios a disco. Muitas vezes passam de R$ 5 mil.

PRODUÇÃO LOCAL ENCOLHE

As fabricantes instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM) produziram no primeiro bimestre deste ano 124.257 bicicletas, queda de 12% no confronto com o mesmo período de 2012, quando 140.902 unidades deixaram as linhas de montagem. O repasse desses veículos de duas rodas às lojas teve queda mais acentuada. Em janeiro e fevereiro as fabricantes venderam às lojas 102.510 bikes, retração de 15% ante as 120.574 unidades de igual período de 2012. A produção total brasileira deve manter-se nos mesmos 4,5 milhões de unidades de 2012.



Tags: Bicicletas, MDIC, Abraciclo, Polo Industrial de Manaus.

Comentários

  • Luiz marcelo sampaio

    O Setor de bicicletas e ciclo peças esta tomando novos rumos. Com o aquecimento da economia brasileira e o aumento da renda das classes C e D o consumidor passa a ser mais exigente . Vejo isto para o setor como um alerta aos empresários tanto no varejo quanto as industrias. Devemos controlar esta balança comercial tanto produção nacional quanto importados, para futuramente não sacrificarmos a nossa indústria e assim andar na contramão de investimentos no Pais. Tomemos como exemplo a indústria automobilística

  • Marcio Costa

    Isso já era de se esperar devido à péssima qualidade das Bicicletas nacionais, o que esta ocorrendo devido à qualidade superior às nacionais e a importação de bicicletas devido ao custo beneficio de peças melhores suspensão entre outras coisas, as indústrias nacionais de bicicletas estão digamos de passagem em um nível muito baixo tendo em vista que uma bicicleta importada e muitas e muitas vezes superior em tudo.

  • Caio

    Nosso país é uma vergonha vendem essas caloi horriveis que parecem carroças a preços ridiculos de caros ... Nosso mercado é um lixo e tenho dó de nosso país !!!

  • David

    Hoje Ando com uma Bicicleta OGGI 29er fabricada no Brasil e é muito boa. Pelos componentes que nela tem e comparando a importada ela custa metade do preço e tem excelente performance nas trilhas e no asfalto.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência