Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

| 11/07/2008 | 00h00

Ghosn: montadoras devem agir com prudência

O presidente da Renault-Nissan, o brasileiro Carlos Ghosn, disse que as montadoras européias devem agir com prudência diante da atual conjuntura internacional.

Folha de S. Paulo

O presidente da Renault-Nissan, o brasileiro Carlos Ghosn, disse que as montadoras européias devem agir com prudência diante da atual conjuntura internacional. "Não sei se o petróleo vai subir ou descer. Não sei se a crise financeira vai melhorar. Os produtores têm que ser prudentes", afirmou. A Renault baixou sua previsão de vendas para 2008 depois dos resultados do primeiro semestre do ano terem ficado abaixo das expectativas. O grupo francês vendeu 1,33 milhão de veículos leves na primeira metade do ano, 4,3% a mais do que no primeiro semestre de 2007. Em comunicado, a Renault anunciou que espera agora um aumento entre 5% e 10% nas vendas para 2008, em vez dos 10% anunciados anteriormente. A empresa afirma que o crescimento no segundo semestre “dependerá, em grande parte, dos desenvolvimentos econômicos e financeiros, ainda muito incertos”.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

Resumo Automotive Business

| 01/04/2009 - 0h0

Resumo Automotive Business

A Volkswagen ensaia uma retomada da liderança no ranking de vendas de veículos no Brasil, ocupada pela Fiat Automóveis. Por enquanto a marca limita-se ao primeiro lugar entre os automóveis, mas perde para a Fiat entre os comerciais leves. Há quem assegure que até o final do ano a marca alemã assumirá o segundo lugar no ranking global, atrás apenas da Toyota.
Automotive Business

AB Inteligência