Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Lançamentos | 16/05/2013 | 19h35

Volkswagen lança duas versões aventureiras para o líder Gol

Rallye, com motor 1.6, é vendido por R$ 45.850 e o Track, com propulsor 1.0, por R$ 33.060

CAMILA FRANCO, AB | De Campinas (SP)

Atenta ao avanço do mercado de hatchbacks aventureiros, que em 2005 representava uma fatia de 2% de participação dentre todas as vendas de automóveis no Brasil, totalizando 27 mil unidades comercializadas, e em 2012 avançou para 5,5%, somando 158 mil carros, a Volkswagen do Brasil apresentou na quinta-feira, 16, duas novas versões aventureiras que chegam para completar a linha 2014 do carro mais vendido do Brasil, o Gol.

A versão mais cara, pela quantidade de diferencias no design e pelo motor Total Flex 1.6 de 104 cavalos, é o Gol Rallye, que em sua quarta geração sai por R$ 45.850. O Gol Track, com leve apelo aventureiro e motor Total Flex 1.0 de 76 cavalos, é inédito e foi projetado para os consumidores que gostariam de ter um Rallye, mas que não têm condições financeiras. É vendido por um preço mais acessível: R$ 33.060.

Nas contas do gerente de marketing de produto da Volkswagen, Henrique Sampaio, das mais de 10 mil unidades que têm sido vendidas por mês do novo Gol, líder no segmento de veículos leves do Brasil (foram 11 mil em abril), 8% deverão ser do Gol Rallye e 11% do Gol Track. “Os dois juntos vão responder por quase 20% das vendas do modelo. O Rallye deve concorrer diretamente com o Renault Sandero Stepway, enquanto o Gol Track deverá encarar o Fiat Uno Way pela frente”, aponta Sampaio.

GOL RALLYE

Para tentar vencer a crescente concorrência, a Volkswagen apostou em diversas, porém pequenas, novidades para o Gol Rallye, que já é bem conhecido no mercado. Foi lançado em 2004, como geração 3; em 2007, na geração 4; e em 2010 e 2013 acompanhando as linhas do novo Gol. De 2004, quando era o único hatchback aventureiro do Brasil, para cá, o modelo ganhou sete competidores.

No design atual do hatchback, oferecido em sete cores, o que mais chama a atenção é a dianteira. Ela leva novo para-choque mais agressivo pintado na cor da carroceria e com aplique central, que incorpora grandes faróis auxiliares de dupla função (neblina e longo alcance) com aros cromados. A grade do radiador também tem friso cromado e evidencia o logotipo Rallye.

Nas laterais, são novos os adesivos, os espelhos retrovisores cromados, e as rodas de liga leve de 16 polegadas, pintadas em preto brilhante e com acabamento diamantado. Elas foram desenvolvidas com exclusividade para o modelo. De perfil, também é possível perceber que o carro está mais alto: 28 mm, sendo que 23 mm foram ganhos com uma suspensão mais elevada e 5 mm com pneus mais largos.

Na traseira, o conjunto de para-choque tem a cor da carroceria e pintura preta na parte inferior. A região da placa é coberta por um adesivo preto fosco, mesma cor adotada no defletor de ar instalado sobre o vidro traseiro.

O interior do Gol Rallye consegue acompanhar a proposta aventureira do exterior. Teto e colunas são revestidos por um tecido com tom de cinza escuro. As pedaleiras, cromadas, ganharam esportividade. E o painel tem uma cor “cinza quente” combinando com os bancos, revestidos por tecidos feitos com PET reciclado.

São de série no veículo sensor de estacionamento traseiro, pacote elétrico completo, ar-condicionado, coluna de direção com regulagem de altura e profundidade, airbag duplo e sistema de freios ABS. Como opcionais, podem ser adquiridos o sistema Eco Confort, que dá dicas de como dirigir de forma mais econômica, volante multifuncional, e o Optical Parking System, sensor que ajuda enquanto o condutor estaciona.

Caso o cliente queira agregar conforto, a Volkswagen oferece para o novo Gol Rallye o câmbio automatizado I-Motion, que assim como o manual é de cinco velocidade. Com o item, o hatch é vendido por R$ 48.580.

Volkswagen Volkswagen conseguiu fazer exterior e interior harmoniosos e ambos com apelo aventureiro

GOL TRACK

A versão mais barata aventureira do Gol, a Track, oferecida pela primeira vez pela Volks, tem suspensão 23 mm mais alta. Os pneus, de uso misto, porém, são mais baixos, com rodas de aço de 14 polegadas. “Os clientes desse modelo querem vencer os buracos, mas não buscam tanta esportividade e velocidade quanto os do Rallye”, justificou o gerente de marketing Sampaio.

O para-choque do Gol Track, também pintado na cor da carroceria e com a parte inferior preta, é um pouco mais retangular do que o Gol Rallye, além de mais sóbrio. Os faróis levam dupla parábola, farol de neblina e moldura escurecida. A lateral do modelo também tem adesivo preto exclusivo ao passo que a traseira segue a mesma identidade do Rallye com lanterna escurecida. O interior se diferencia por ser todo em preto.

Neste modelo, são de série airbag duplo, ABS, vidros dianteiros com acionamento elétrico, travamento central das portas, banco do motorista com regulagem de altura, direção hidráulica, entre outros. Rádio CD-player MP3 com entrada USB, Bluetooth e interface para i-Pod é opcional, bem como os demais itens do Gol Rallye.



Tags: Volkswagen, Gol, Gol Rallye, Gol Track, Henrique Sampaio.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência