Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Combustíveis | 28/06/2013 | 19h00

Tecnologia é a base para tornar etanol competitivo

Investimento deve aumentar produtividade da cana

FERNANDO NEVES, PARA AB

O investimento em tecnologia será a base para tornar o etanol competitivo no mercado de combustíveis. Para Daniel Bachner, diretor mundial de cana de açúcar da Syngenta, aplicar recursos no desenvolvimento de mudas mais sadias é fator importante para recuperar a produtividade. Bachner participou do painel “Investindo no setor sucroenergético: caminhos e perspectivas”, realizado durante o Ethanol Summit 2013, em São Paulo.

Bachner compara o desempenho produtivo da cana com milho e soja. Segundo o executivo, com a aplicação de recursos para desenvolvimento tecnológico, desde a década de 60, o milho teve sua produtividade quase triplicada (2,8 vezes) e a soja apresentou patamar bem próximo (2,5 vezes). Já a cana de açúcar teve sua produtividade incrementada em 1,5.

Para o diretor mundial da Syngenta, o momento atual é de transferência dessas técnicas para a cultura da cana. “Tudo o que foi desenvolvido no milho e na soja será levado para o canavial que vai se beneficiar”, afirmou.



Tags: Ethanol Summit, flex, etanol, biocombustível, tecnologia.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência