Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Combustíveis | 01/07/2013 | 12h27

Etanol: preços finais recuam 6,8% em todo o País

Número resulta de estudo feito pela ANP entre a última semana de abril e a de junho

AGÊNCIA BRASIL

Entre a última semana de abril e a quarta semana de junho, os preços finais do etanol hidratado para o consumidor tiveram redução de 6,8% em todo o Brasil. No mesmo período, a gasolina teve queda bem menor, de 0,9%. Com isso, a relação de preços entre o etanol hidratado e a gasolina comum caiu de 72% para 68% na média nacional. De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a relação alcançou, pelo preço médio das últimas quatro semanas, 68,7%, a menor obtida desde junho de 2011.

Para a ANP, esse resultado pode ser atribuído em grande parte à resolução da agência reguladora que estabeleceu critérios para a aquisição e formação de estoque de etanol, mesmo durante a entressafra da cana-de-açúcar. A medida teve como objetivo estimular a previsibilidade da produção por meio de contratos entre produtores e fornecedores e reduzir a volatilidade de preços decorrente de fatores conjunturais.

Ainda segundo a ANP, a recente desoneração fiscal pelo governo federal, que isentou o etanol do PIS/Cofins, também contribuiu para a queda de preços do combustível. Atualmente, há vantagem econômica no abastecimento com etanol hidratado em relação à gasolina comum nos Estados de São Paulo, Paraná, Mato Grosso e Goiás. Em Minas Gerais e Mato Grosso do Sul, a relação de preços entre os combustíveis encontra-se próxima a 70%.



Tags: ANP, etanol, gasolina, PIS/Cofins, petróleo, gás natural, biocombustíveis.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência