Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 05/07/2013 | 20h00

Ford: gerente-geral de marketing confia no New Fiesta sedã

Oswaldo Ramos fala sobre a expectativa de vendas e acredita no sucesso da opção automática

MÁRIO CURCIO, AB | De Campos do Jordão (SP)

Durante a apresentação do New Fiesta sedã 2014, o gerente-geral de marketing da Ford, Oswaldo Ramos, falou sobre as expectativas da montadora para a nova versão importada do México e também do hatch produzido desde março em São Bernardo do Campo. O executivo concedeu entrevista a Automotive Business durante o lançamento do carro.

Automotive Business - O New Fiesta sedã passará a ser produzido no Brasil, como ocorreu com o hatch? Quando isso deve ocorrer?

Oswaldo Ramos - Nunca houve planos de produzi-lo aqui (em São Bernardo do Campo). Nosso carro de volume é o hatch. (Nota da redação: fontes ligadas a Automotive Business informam que a próxima geração do Fiesta chegará em 2017; o futuro hatch permanecerá em São Bernardo do Campo, SP, e o sedã será montado em Camaçari, BA.)

Por que vocês não trouxeram uma versão com motor 1.5 e acabamento mais simples como ocorre com o hatch? O fato de a cota ser pequena (800 a mil carros por mês) determinou a importação de modelos mais rentáveis?

Não só uma questão de retorno financeiro. Percebemos que um carro muito básico não vende. E o projeto do New Fiesta sedã é adequado para atacar a faixa premium.

Mas você nos disse que nos mercados americano, canadense e mexicano há uma demanda de versões mais simples do carro...

São carros comprados por locadoras ou vendidos muitas vezes na Flórida, onde o mercado é muito heterogêneo (...) Percebo que as exigências atuais em termos de segurança encareceram os carros e acabaram aumentando a demanda por equipamentos. O New Fiesta sedã veio brigar nesse segmento.

A Ford tem expectativa sobre a versão mais completa, Titanium PowerShift, automática. Como você imagina o mix de vendas?

Acreditamos que 60% ou mais dos carros vendidos serão completos. Ainda não temos ideia da versão de entrada (SE manual). A demanda vai definir.

A Ford informou recentemente que a versão automática PowerShift responde por 20% das vendas do New Fiesta hatch. Você pode falar a respeito?

Na verdade, os pedidos da rede por esse câmbio chegam a 30%. Na cidade de São Paulo, mais de 50% querem o carro com câmbio PowerShift.

Recentemente, a Volkswagen apresentou um Fox com motor 1.0 de três cilindros (BlueMotion, veja aqui). Tudo indica que a Ford fará um motor semelhante em Camaçari. O New Fiesta hatch terá uma versão 1.0?

O New Fiesta hatch não terá motor 1.0. Se nos perguntassem o que planejamos, eu responderia que planejamos equipar mais.



Tags: Ford, New Fiesta, sedã, hatch, marketing, Oswaldo Ramos, São Bernardo do Campo, Camaçari, Titanium, PowerShift.

Comentários

  • Adilson

    Agradecimentos Faz: Obrigado pelas informações, contida na entrevista Automotive Business, fico muito orgulhoso em acompanhar atraves deste comentarios valiosos, assim posso comentar dialogar com meus clientes. (Nota da redação: Fontes ligadas a Automotive Business informam que a próxima geração do Fiesta, Hatch Sedã será montado em Camaçari, BA). Orgulho pra nós Baiano, aguardamos o laçamento do Sedã câmbio PowerShift. Fraternalmente, Adilson

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência