Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Engenharia | 12/07/2013 | 18h20

MVC cria dois processos para produção de autopeças plásticas

Prometem reduzir custos fabris e até o peso dos componentes automotivos

REDAÇÃO AB

A MVC, que desenvolve e produz soluções em plásticos de engenharia, criou dois novos processos para a produção de componentes em compósitos: RTM-S e RTM Skin, que prometem reduzir os custos e o número de ferramentas necessárias para fabricação de peças plásticas, além de diminuir o peso dos componentes e melhorar de forma significativa a qualidade da superfície dos mesmos.

Segundo Gilmar Lima, diretor-geral da MVC, tanto o RTM-S como o RTM Skin estão sendo aplicados na produção de diversos componentes automotivos, como o capô dos veículos e miniônibus Volare, “colarinho” do teto do caminhão Stralis, da Iveco, e as portas do baú frigorífico da Randon. O RTM Skin, indicado para peças com formas complexas e ângulos negativos, é aplicado também na cobertura da carenagem de tratores e para-choques dianteiro e traseiro de ônibus.

O RTM-S já foi premiado internacionalmente com o Award Patent Innovation durante o seu lançamento na França. Permite a fabricação de peças coloridas sem a necessidade de pintura. Já o RTM Skin proporciona, como principais benefícios, maior velocidade no processo, fabricação de peças leves e com altas propriedades mecânicas e redução de custo, principalmente quando comparado com o sistema de infusão, que utiliza alto teor de vidro.

Atualmente, as peças fornecidas em RTM-S e RTM Skin somam 5% de participação entre todos os componentes fornecidos pela MVC. A empresa pretende ampliar o índice para 20% até o final de 2014.



Tags: MVC, RTM-S, RTM Skin, plásticos, engenharia, peças, compósitos.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência