Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Indústria | 17/07/2013 | 16h52

Fabricantes de veículos respondem por 10,8% das importações brasileiras no primeiro semestre

Volkswagen e Toyota registram os maiores valores entre as empresas do setor, aponta MDIC

REDAÇÃO AB

Importações de fabricantes de veículos, incluindo automóveis, comerciais leves, caminhões, máquinas agrícolas e de construção, foram responsáveis por 10,8% de tudo o que o Brasil comprou no exterior durante o primeiro semestre, de acordo com dados complementares da balança comercial brasileira divulgados na quarta-feira, 17, pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). O Ministério elencou as 40 empresas que mais importaram em valores, somando US$ 47,6 bilhões (FOB) ou 40,52% do valor total das importações brasileiras no período. Entre as 40 empresas apontadas pelo MDIC, 18 estão ligadas a atividades da indústria automotiva.

Dessas 18 representantes do setor, 12 anotaram crescimento nas importações neste primeiro semestre na comparação com mesmo período de 2012, com destaque para a Scania, cujas compras no exterior subiram 87,4%, para US$ 478 milhões. Mercedes-Benz e Ford também avançaram fortemente, com altas de 42,7% e 35,3%, respectivamente, para US$ 702,3 milhões e US$ 1,02 bilhão.

No entanto, quem encabeça o ranking entre as montadoras é a Volkswagen, que aparece na quarta posição entre as 40 empresas que mais importaram neste ano, atrás apenas de Petrobras, Samsung e Embraer. Em valores, suas importações chegaram a US$ 1,23 bilhão, 14,3% acima do valor registrado em idêntico período do ano passado. A participação da fabricante subiu de 0,98% para 1,05% na mesma base de comparação.

A Toyota vem logo em seguida, como a sexta maior importadora do Brasil no primeiro semestre: a montadora atingiu US$ 1,21 bilhão, montante 34,7% maior que o apurado na primeira metade de 2012. Sua participação avançou para 1,03% contra 0,82% do ano passado. A terceira maior empresa importadora para o setor não é uma fabricante: a Cisa Trading, cuja metade do faturamento tem origem com a importação de veículos, sendo a GM seu maior cliente, com US$ 1,10 bilhão, 27% abaixo do registrado há um ano.

escrever

Já nas exportações brasileiras, o setor automotivo é bem menos expressivo: apenas sete empresas estão entre as 40 maiores exportadoras: Volkswagen, Ford, Fiat, General Motors, Caterpillar, Renault e Mercedes-Benz.

Como a primeira empresa do setor a aparecer na lista, na 14ª posição, a Volkswagen viu seus embarques saltarem 12,7% no primeiro semestre, para US$ 959 milhões, com participação de 0,84%. A Ford, na 17ª colocação, aumentou em 25,2%, para US$ 891,5 milhões.

escrever



Tags: Importações, exportações, montadoras, MDIC, Volkswagen, Toyota, Scania, Mercedes-Benz, Ford.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência