Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Balanço | 07/08/2013 | 13h16

Marcopolo fatura 13% mais no primeiro semestre

Receita atinge R$ 1,76 bilhão, contra R$ 1,55 bilhão no ano anterior

REDAÇÃO AB

Nos primeiros seis meses do ano a Marcopolo registrou crescimento de 13% do faturamento na comparação com igual período do ano anterior, para R$ 1,76 bilhão, informa a empresa em comunicado. A encarroçadora com sede em Caxias do Sul (RS) produziu 10.046 ônibus em todas as suas fábricas espalhadas pelo mundo durante a primeira metade de 2013, volume que representa crescimento de 10,3% sobre a produção de mesmo intervalo de 2012. Deste total, 9.056 unidades foram montadas no Brasil, onde a empresa encerrou o período com 40,3% de participação neste mercado.

Para o diretor geral da Marcopolo, José Rubens de la Rosa, o segundo trimestre contribuiu fortemente com os resultados por apresentar sinais de recuperação frente ao primeiro trimestre do ano.

“No Brasil, os principais fatores foram a melhora do mix de vendas e o maior volume e receita de exportações, enquanto no exterior a produção das unidades da África do Sul, Austrália e México cresceu, conjuntamente, 51,9% com relação aos primeiros três meses do ano.”

O executivo acrescenta que para 2013, em decorrência dos atrasos nas obras de infraestrutura, as vendas de ônibus para os sistemas BRT ficaram abaixo das previsões, com expectativa de que a demanda acelere a partir dos dois últimos meses do ano e, principalmente, no decorrer do primeiro semestre de 2014. De la Rosa destacou ainda que a desvalorização de 8,4% do real frente ao dólar no ano torna o produto da Marcopolo fabricado no Brasil mais competitivo internacionalmente e pode ajudar a fomentar a demanda e ampliar as exportações ao longo do segundo semestre de 2013.

A empresa manteve a expectativa de desempenho para 2013, publicada em dezembro do ano passado e revisada em maio deste ano: prevê alcançar receita de R$ 3,8 bilhões (R$ 4,3 bilhões na previsão anterior), investimentos programados em R$ 350 milhões e produção de 21,6 mil ônibus no Brasil e no exterior (35,2 mil na projeção anterior).



Tags: Marcopolo, receita, faturamento, ônibus, vendas, José Rubens de la Rosa.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência