Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Indústria | 09/08/2013 | 18h44

BNDES renova o Proplástico

Nova fase garante R$ 1,3 bilhão para apoio à indústria do plástico no País até 2017

REDAÇÃO AB

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou a renovação do Proplástico, Programa de Apoio ao Desenvolvimento da Cadeia Produtiva de Plástico, que nesta fase, terá orçamento de R$ 1,3 bilhão e prazo de vigência até 30 de junho de 2017. Criada em 2010, a medida é uma das estabelecidas pelo governo por meio da Política de Desenvolvimento Produtivo, de maio de 2008, e do Plano Brasil Maior, lançado em agosto de 2011, e prevê incentivar o aumento da produção de transformados plásticos, embalagens, equipamentos e moldes para o segmento, além da reciclagem do produto no País.

Segundo o banco, a carteira atual do BNDES Proplástico conta com um total de 25 projetos, entre contratados, aprovados, em análise, enquadrados e em consulta, no valor de R$ 727,4 milhões em investimentos e cerca de R$ 571,6 milhões em financiamentos.

“Vemos essa aprovação de forma muito positiva. O setor de transformados plásticos é um dos cinco maiores empregadores do País, com uma das melhores remunerações. Por isso, é muito importante contar com o apoio de uma instituição desse porte”, afirma o presidente da Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast), José Ricardo Roriz Coelho.



Tags: plástico, BNDES, Proplástico, Abiplast, Plano Brasil Maior, reciclagem.

Comentários

  • Washington Cardoso de Oliveira

    Esta é uma das poucas saídas para o setor plástico que passa por muita dificuldade neste momento. Gostaria de saber mais informações sobre a inscrição no Programa.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência