Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Distribuição | 23/08/2013 | 19h26

Inflação corrói lucro de concessionários

Ganho operacional cai 64% em um ano, destaca estudo da consultoria autoAnálise

PEDRO KUTNEY, AB

Nos últimos 12 meses, a inflação corroeu mais da metade dos ganhos dos concessionários que não conseguiram praticar margens maiores ou cortar custos. Essa é a conclusão de estudo da consultoria autoAnálise divulgado na sexta-feira, 23. Em uma simulação, se uma concessionária mantivesse em 2013 o mesmo faturamento total, o mesmo porcentual de margem bruta sobre cada veículo vendido e as mesmas despesas variáveis, o aumento dos custos fixos provocado pela inflação acumulada (perto de 6,5% no ano) causaria queda de 64% na geração de resultado operacional.

“Apesar da aparente perda de força da inflação medida pelo IPCA, a análise do índice mostra que não há alívio para as despesas dos concessionários”, diz o texto do estudo assinado pelos economistas Francisco Trivellato e Francisco Mendes. Na simulação que eles fazem, uma concessionária que fatura R$ 1 milhão e opera com margem bruta sobre as vendas de 10,5%, teria aumento nos custos fixos com salários, encargos sociais, propaganda, aluguel e outras despesas operacionais de R$ 74,2 mil para R$ 77,9 mil, considerando apenas reajustes sobre esses itens da inflação acumulada de 6,5%. Isso resulta, de um ano para outro, em queda do resultado operacional de R$ 5,8 mil em 2012 para R$ 2,1 mil em 2013.

“Esse quadro exige repensar a estrutura do negócio, uma vez que as perspectivas de inflação, ou pressão sobre as despesas, para os próximos meses não são promissoras”, alertam os economistas. Segundo as simulações, se a inflação permanecer no topo da meta perseguida pelo Banco Central (6,5%), será necessário aumentar as vendas em 5,9%, ou subir a margem bruta para quase 11%, apenas para manter o mesmo nível de lucro de 2012 no cenário atual de custos.

“Mas sabemos que ambas as medidas são difíceis no cenário atual, pois a maioria das marcas apresenta perda de faturamento por loja”, avaliam Trivellato e Mendes. “Com isso, o aumento das despesas por força da inflação está comprometendo a lucratividade da maioria dos concessionários de veículos no Brasil em 2013”, concluem. A solução mais factível, portanto, é reduzir estruturas e cortar custos.



Tags: Distribuição, concessionário, resultado, lucro, autoAnálise.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência