Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Meio Ambiente | 13/09/2013 | 12h06

Setor de sucata ferrosa leva reivindicações ao MDIC

Documento sugere incentivo à reciclagem de veículos e linha de crédito para máquinas

REDAÇÃO AB

O Instituto Nacional das Empresas de Sucata Ferrosa (Inesfa), que representa as companhias responsáveis por 47% de toda a sucata preparada no Brasil, apresentou na sexta-feira, dia 13, ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), um documento com sugestões de políticas públicas favoráveis do setor.

O objetivo é expor as dificuldades enfrentadas e apresentar propostas que, se adotadas, vão favorecer a competividade do segmento. O Inesfa defende a criação de políticas de incentivo à reciclagem da sucata ferrosa, como a renovação da frota em desuso (somente 1,5% desses veículos é reciclado no País).

Outro ponto a discutir é a desoneração dos tributos que incidem na folha de pagamento e se refletem na capacidade de geração de emprego. As recicladoras geram mais de 1,5 milhão de postos de trabalho diretos e indiretos, segundo a Inesfa, que também pretende sugerir ao governo que as associadas tenham acesso a uma linha de crédito para compra de novas máquinas e equipamentos com recursos do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

As empresas também se preocupam com a possibilidade de taxação da sucata exportada, que causaria prejuízo ao setor. O pedido de taxação foi feito no ano passado pelo Instituto Aço Brasil (IABr), que representa as usinas siderúrgicas, mas por enquanto ainda não houve decisão do governo. Segundo o instituto, o país é responsável por apenas 0,2% da exportação de sucata no mundo. Isso representa 3,5% em relação ao consumo interno e portanto não haveria motivo para incidência tributária a fim de controlar o mercado interno.



Tags: Inesfa, MDIC, BNDES, sucata ferrosa, reciclagem.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência