Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 17/09/2013 | 18h55

Vendas de carros na Europa: pior nível desde 1990

Volkswagen e PSA são as mais prejudicadas pela crise econômica no continente

REDAÇÃO AB

As vendas de veículos de passeio na Europa atingiram em agosto seu pior nível desde 1990, quando a Acea, associação que reúne os fabricantes da região, começou a apurar os resultados no continente. Segundo a Acea, foram vendidos nos primeiros oitos meses deste ano 8,1 milhões de novos veículos na Europa, 5,2% a menos do que o anotado em 2012.

Na comparação anual houve queda de 3,6% na Espanha, de 6,6% na Alemanha, de 9% na Itália, e de 9,8% na França. O Reino Unido foi o único a ter desempenho melhor que o do ano passado, com alta de 10,4%.

Em agosto último, com 653,8 mil unidades vendidas, a retração foi de 5% sobre o mesmo intervalo de 2012. Alemanha apresentou baixa de 5,5%; Itália, de 6,6%; França, de 10,5%; e Espanha, de 18,3%. Reino Unido, mais uma vez invicto, cresceu 10,9%.

DESEMPENHO DAS MARCAS

Os maiores fabricantes de veículos europeus, os grupos Volkswagen e PSA Peugeot Citroën, têm sido os mais prejudicados pela crise econômica europeia.

As vendas da francesa PSA Peugeot Citroën despencaram 18% em agosto, para 66,9 mil unidades. No acumulado dos primeiros oito meses, com 899,4 mil carros entregues, a retração do grupo chega a 12,3% em relação ao ano passado.

O grupo alemão Volkswagen também anotou em agosto queda superior ao do mercado europeu, de 11,3%, com 180 mil unidades vendidas. A própria marca Volkswagen viu suas vendas caírem 17%, para 86 mil veículos. A Audi emplacou 6% a menos em agosto. Nos primeiros oito meses de 2013, o grupo acumula retração de 4,8%.

As vendas do grupo italiano Fiat caíram 4,9% em agosto (com 35,8 mil veículos) e 8,9% no acumulado do ano (507,7 mil). Somente as da marca Chrysler baixaram 13,6% em agosto.

Nos oito meses, também houve queda de 8,2% para Grupo GM, de 7,6% para Volvo, de 7,1% para Ford, de 5,4% para Toyota, de 2,7% para Hyundai, de 2,2% para Grupo Renault, e de 0,8% para BMW.

Os únicos grupos que caminham em rumo contrário à crise são Daimler e Jaguar Land Rover. O primeiro vendeu de janeiro a agosto 454,8 mil veículos de passeio (alta de 3,7%), 41,6 mil apenas no último mês (5,5% a mais). A Jaguar Land Rover, por sua vez, avançou ainda mais, com alta de 10% no acumulado do ano, para 87,3 mil unidades comercializadas, e de 7,2% em agosto.



Tags: Europa, Acea, vendas, PSA, Volkswagen, crise, mercado.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência