Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Internacional | 15/10/2013 | 17h52

Ford produzirá EcoSport também na Rússia

Mapa global de produção do modelo comtempla todos os países emergentes do BRICs e a Tailândia

REDAÇÃO AB

Depois de anunciar a produção do EcoSport no Brasil, Índia e China, só faltava a letra “R” da sigla BRIC para a Ford completar o mapa de fabricação global de seu utilitário esportivo compacto nas maiores economias emergentes do mundo. Na terça-feira, 15, a fabricante confirmou que vai fazer o modelo em território russo a partir do início de 2014, na nova fábrica de Naberezhnye Chelny, a terceira construída em conjunto com sua empresa sócia no país, a Sollers. Também foi confirmada a produção local de outro SUV da marca, o Edge, que será montado na unidade da joint venture Ford Sollers em Elabuga – as duas plantas ficam na região do Tataristão, cerca de mil quilômetros a leste da capital Moscou.

“Este ano iniciamos a produção do Explorer na fábrica de Elabuga, a construção de uma nova fábrica de motores no Tataristão e anunciamos a criação de um centro de pesquisa e desenvolvimento em Moscou. O nosso objetivo é manter o ritmo de crescimento que a Ford Sollers tem apresentado desde a sua criação, há dois anos. O EcoSport e o Edge serão dois grandes produtos no mercado russo”, disse Vadim Shvetsov, presidente da Sollers.

A Ford aposta no crescimento das vendas de utilitários esportivos na Rússia, tanto que decidiu produzir todos os seus quatro modelos do gênero no país. Além do EcoSport e do Edge, a marca já faz com a Sollers o SUV médio Kuga e o grande Explorer. A Rússia será o quinto local de produção já confirmado do EcoSport no mundo, que além de todos os BRICs, também será montado na Tailândia. Espera-se para breve o anúncio de uma planta de produção na Europa, onde o modelo já pode ser encomendado em 13 países, mas será vendido oficialmente a partir do segundo trimestre de 2014.

Segundo a Ford, o EcoSport russo será muito similar ao brasileiro, produzido com motor 1.6 ou 2.0, opções de transmissão manual ou automatizada de dupla embreagem e tração 4x2 ou integral 4WD. Também controle eletrônico de estabilidade, assistência de partida em rampa, sistema SYNC de infoentretenimento com comandos de voz, chave com sensores para acesso inteligente e partida sem chave – o mesmo pacote oferecido no mercado brasileiro. Para os mercados europeus a motorização será diferente: 1.0 Ecoboost ou 1.5 a gasolina ou 1.5 diesel (leia aqui).



Tags: Ford, EcoSport, Rússia, Sollers.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência