Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Balanço | 30/10/2013 | 17h06

Receita do Grupo Volkswagen cresce 1% em nove meses

Contenção de custos e gastos com desenvolvimento afetam resultado

REDAÇÃO AB

O Grupo Volkswagen anotou pequeno aumento de 1,04% na receita global obtida no acumulado entre janeiro e setembro, para € 145,7 bilhões, contra os € 144,2 bilhões de igual período do ano passado, informa nota divulgada na quarta-feira, 30. O lucro operacional recuou 3,3%, para € 8,6 bilhões, impactado pela política de contingência nas divisões de automóveis e engenharia de powertrain. Este valor não inclui o lucro operacional das joint ventures com as empresas chinesas (Shangai Volkswagen e FAW-VW), de € 3,5 bilhões, aumento de 25% sobre o resultado apurado há um ano. O lucro depois de impostos diminuiu expressivos 66,7%, para € 6,7 bilhões.

“Estamos nos concentrando nos custos e gestão de investimentos, bem como em melhorar ainda mais todos os nossos processos. Acreditamos que este é o caminho certo para se tornar ainda mais competitivo. Isto é particularmente importante dado o fato de que não se pode esperar que o ambiente econômico melhore no curto prazo”, explicou o CFO da companhia, Dieter Pötsch.

Os custos gerados pelo desenvolvimento de novas tecnologias reduziu o lucro operacional das principais marcas do grupo: Volkswagen e Audi anotaram recuos de 27% e 12%, respectivamente, para € 2,1 bilhões e € 3,7 bilhões. Com € 342 milhões, a divisão de veículos comerciais da Volkswagen apurou aumento de 14% no lucro operacional, enquanto a MAN anotou € 47 milhões contra os € 518 milhões do ano anterior.

A Porsche, que passou a integrar o grupo em agosto do ano passado, gerou lucro de € 1,9 bilhão nos nove meses deste ano. Enquanto isso, a divisão de serviços financeiros aumentou os ganhos em 10%, para € 1,1 bilhão.

“Projetamos que as vendas aos clientes vão aumentar este ano, no entanto, o Grupo Volkswagen não está completamente imune à intensa concorrência e o impacto que isso tem sobre o seu negócio. Esperamos que sua receita de 2013 ultrapasse a do ano anterior. Dada a incerteza em curso no ambiente econômico, a meta de lucro operacional do grupo em 2013 vai combinar com o nível do ano anterior”, comentou o CEO do grupo, Martin Winterkorn, sem revelar o quanto devem crescer as vendas para este ano.



Tags: Volkswagen, balanço, receita, faturamento, Audi, Porsche, Martin Winterkorn.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência