Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Indústria | 31/10/2013 | 18h55

PSA Peugeot Citroën fará novo motor de três cilindros no Brasil

Em 2015 chega o EB PureTech aspirado e em 2016 com turbo e injeção direta flex

PEDRO KUTNEY, AB

A PSA Peugeot Citroën revelou na terça-feira, 29, que vai fazer também na América Latina e China o seu novo motor de três cilindros EB PureTech, cuja linha de produção foi inaugurada esta semana na França, após quatro anos de desenvolvimento e industrialização. A empresa ainda não confirmou se o pequeno e eficiente propulsor será fabricado no Brasil ou Argentina, mas pelo seu tamanho presume-se que será na planta brasileira de Porto Real (RJ), onde equipará o Peugeot 208 e o Citroën C3 que são produzidos lá.

Segundo já informou a PSA, a versão aspirada do EB PureTech bicombustível etanol-gasolina será produzida (muito provavelmente) no Brasil a partir de 2015. No ano seguinte deve entrar em linha o mesmo motor com turboalimentação e injeção direta de combustível flexfuel. Um bom motivo para fabricar o novo motor em Porto Real é que ele deverá ajudar substancialmente a empresa a aumentar níveis de nacionalização e melhorar a eficiência energética de seus carros. Ambas são condições obrigatórias para cumprir as metas previstas no Inovar-Auto, a política industrial desenhada para o setor automotivo brasileiro em vigor até 2017.

Na Europa, o PureTech tem 1,2 litro. Já para o mercado brasileiro ainda não se sabe se haverá redução para 1 litro, para aproveitar o imposto menor cobrado sobre os carros 1.0 e ainda ganhar pontos extras em economia de combustível, o que pode render desconto tributário extra de até dois pontos porcentuais extras do IPI a partir de 2017.

O EB Turbo PureTech fabricado na França terá configurações de 110 a 130 cavalos e vai equipar, a partir de março de 2014, o Citroën C4 e o novo Peugeot 308 produzidos e vendidos nos mercados europeus. Quatro meses depois, em julho, será integrado também ao Peugeot 208 e Citroën C3.

O Grupo PSA informa ter investido € 893 milhões na sua nova família de motores compactos, sendo € 455 milhões em pesquisa e desenvolvimento e outros € 438 milhões em despesas de capital. Desses recursos, € 118 milhões foram injetados diretamente na linha de produção da Française Mechanique, a fábrica de motores localizada em Douvrin, norte da França, que terá capacidade para produzir até 320 mil unidades/ano do EB PureTech. O empreendimento é uma associação em partes iguais entre a PSA e a também francesa Renault.

O novo motor turbinado da Peugeot Citroën atende com sobras os limites da legislação europeia, com redução média de 18% no consumo (em comparação com propulsores aspirados atuais do grupo) e emissões de 102 a 110 gramas de CO2 por quilômetro rodado, dependendo da configuração. Segundo os engenheiros da empresa, o projeto da linha EB foi focado na garantia de economia de combustível sem perda do prazer de dirigir. O bloco e cabeçote de alumínio reduziram o peso, enquanto a turboalimentação manteve potência equivalente ao de motores aspirados maiores, de 1,6 a 1,8 litro. As inovações tecnológicas do EB PureTech resultaram no registro de 121 patentes pelo Grupo PSA.

Veja abaixo o filme que mostra o processo de produção do novo EB PureTech na Française Mecanique, na França:



Tags: PSA Peugeot Citroën, motor, EB PureTech, powertrain, turbo, Inovar-Auto, eficiência energética, flex, bicombustível.

Comentários

  • Roger

    Com as demissões em massa devido á queda de vendas a GM do Brasil está um caos . O horário de almoço é pautado por reclamações de excesso de atribuições e metas que não são atendidas , resultado : veículos com defeito no final da linha ... Desmotivados e sempre aguardando uma possível demissão eles só vestem a camisa da GM por obrigação . Depois de muita pesquisa verifiquei que o negócio é importar desde Cruze, Volt , Sonic , Camaro e peças aos montes e não mais produzir carros de ponta aquí ... Que voltem a produzir AQUÍ no Brasil carros com a qualidade do Astra (retirado de produção sem motivo) , um verdadeiro tanque de guerra , ao mesmo tempo confortável , luxuoso e com várias versões que agradavam muito frotistas , taxistas , e o motorista que usa o carro o dia todo como eu que nunca tive problema com o referido ou Zafira e Meriva . Acorda GM do Brasil!!!

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência