Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Mantega afirma que IPI vai subir em 2014
Mantega: declaração pode reaquecer as vendas

Mercado | 01/11/2013 | 20h02

Mantega afirma que IPI vai subir em 2014

Informação distribuída pela Anfavea pode reaquecer mercado em baixa

PEDRO KUTNEY, AB

Após o ministro do Desenvolvimento, Fernando Pimentel, admitir que era “provável” a prorrogação do desconto no IPI dos carros para 2014 (leia aqui), a depender de decisão do Ministério da Fazenda e do cumprimento de metas fiscais, agora o chefe da Pasta que decide, Guido Mantega, afirma que o imposto será aumentado após o fim de 2013. A informação foi distribuída à imprensa na sexta-feira, 1º, pela Anfavea, a associação dos fabricantes de veículos, e pode funcionar para reaquecer as vendas de automóveis e comerciais leves, que de janeiro a outubro acumulam queda de 1,4% em relação ao mesmo período de 2012 (leia aqui).

Com a informação de que o IPI voltará a subir, poderá haver aceleração dos negócios em novembro e dezembro, uma vez que o consumidores tentará fugir de possíveis aumentos de preços. A informação foi convenientemente distribuída após uma reunião de Luiz Moan, presidente da Anfavea, com o ministro Guido Mantega na tarde da sexta-feira, 1º, no escritório da Fazenda em São Paulo.

“O ministro revelou que o IPI será mantido no nível atual até o fim do ano e, a partir de janeiro, haverá elevação”, disse Moan após o encontro. “Não sabemos ainda de quanto será esse aumento, se o imposto voltará ao patamar original ou se subirá um pouco menos”, completou.

O IPI incidente sobre automóveis está atualmente em 2% para carros com motor até 1.0 (o normal é 7%), em 7% para modelos com propulsor flex de 1.0 a 2.0 (era 11%) e em 8% para veículos 1.0 a 2.0 a gasolina (era 13%).



Tags: Mercado, vendas, Fazenda, Mantega, Moan, Anfavea, IPI.

Comentários

  • Valter Prieto

    Eu gostaria de saber a data em que o atual governo federal irá decretar a falência do Brasil. Eles trabalham com afinco para isso há mais de uma década, e ainda não conseguiram. Impostos são o mal fatal do Brasil, será que não percebem que é ruim para todos exceto para os governos ? e os governos trabalham para quem ?

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência