Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Lançamentos | 14/11/2013 | 19h21

Com nova geração, Mercedes-Benz espera bater recorde de vendas da Classe S

Automóvel chega ao Brasil por US$ 265,9 mil

GIOVANNA RIATO, AB

A Mercedes-Benz traz para o mercado brasileiro a nova Classe S. Topo de linha da marca, o automóvel é conhecido por estrear tecnologias e, como aponta a companhia, estabelecer padrões mais elevados de conforto e segurança. Philipp Schiemer, presidente da fabricante para o País, tem planos ambiciosos para o veículo. Ele está seguro de que as vendas do modelo vão superar as da geração anterior.

A projeção da companhia é de que sejam emplacadas de 130 a 150 unidades no Brasil em 2014. O volume é grande para o preço do modelo, de US$ 265,9 mil. “Já temos procura muito grande. Vai depender apenas da capacidade da fábrica de atender aos pedidos”, conta o executivo. O modelo é fabricado em Findelfingen, próximo a Stuttgart, na Alemanha.

A capacidade produtiva da companhia para o carro é de 100 mil unidades por ano. Apesar de parecer alto para o modelo que lidera o portfólio da companhia, a produção é disputada principalmente pelos países emergentes. Na China já foram vendidas 35 mil unidades.

INOVAÇÃO

Apesar de o modelo vir recheado com uma série de equipamentos, o carro no Brasil é mais “pelado” do que o vendido no exterior. O consumidor local não terá acesso a alguns sistemas de assistência à direção, justamente as tecnologias mais inovadoras do automóvel, que não funcionam no País. Segundo a companhia, os sensores destes conjuntos operam em frequência que ainda não está homologada para utilização.

Luiz Carlos de Moraes, diretor de assuntos governamentais da companhia, revela que não só a Mercedes-Benz, como outras marcas premium enfrentam esse problema no Brasil. “Temos trabalhado isso na Anfavea e conversado com o governo a respeito”, aponta o executivo, que também é vice-presidente da associação dos fabricantes de veículos. “Estamos mostrando que isso traz tecnologia e aumenta a segurança dos carros, evitando muitos acidentes.”

O pacote de sistemas que não pode equipar os carros vendidos no mercado nacional é capaz de até mesmo detectar quando o veículo está parado em um semáforo e o carro de trás se aproxima sem frear. Nesse caso, as lanternas traseiras do Classe S piscam para chamar a atenção do outro motorista e evitar o impacto.

Moraes ressalta que a negociação para autorizar o uso dos sistemas no Brasil é importante também para a produção local da companhia no Brasil na fábrica que será construída em Iracemápolis (SP). “Queremos equipar os carros brasileiros com esse tipo de dispositivo”, revela. Os executivos da companhia garantem que, com todos os sistemas, o Classe S é capaz de rodar de forma autônoma até certa velocidade, sem necessidade de participação tão ativa do motorista.

Apesar das restrições para a circulação no Brasil, o modelo ainda chega com recursos como assistente de farol adaptativo e assistente de visão noturna. Um conjunto opcional de câmera e radares oferece visão total do entorno do veículo ao motorista, com detecção de potenciais perigos da via.



Tags: Mercedes-Benz, Classe S, lançamento, premium.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência