Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Indústria | 26/11/2013 | 21h08

Exportar-Auto é entregue ao MDIC

Anfavea sugere conjunto de medidas para elevar exportações em mais de 1 milhão/ano

SUELI REIS, AB

Além da proposta para elevar o patamar tecnológico de caminhões e ônibus no Brasil (leia aqui) a Anfavea entregou na tarde de terça-feira, 26, o projeto Exportar-Auto, programa de promoção das exportações que prevê um conjunto de medidas para viabilizar a recuperação da competitividade brasileira, com o objetivo de atingir volume de vendas ao exterior de 1 milhão de veículos e 40 mil máquinas agrícolas e de construção por ano até 2017.

Em comunicado, o presidente da entidade, Luiz Moan, que esteve com o ministro Fernando Pimentel (MDIC) para a entrega das duas propostas, comenta a importância do projeto: “Exportar 1 milhão de unidades será fundamental em 2017, quando teremos capacidade produtiva mais elevada após a conclusão dos aportes já anunciados pelos fabricantes que totalizam mais de R$ 75 bilhões”.

O Exportar-Auto, primeira bandeira levantada por Moan quando assumiu a presidência da Anfavea, em abril deste ano (leia aqui), traz medidas baseadas em cinco eixos estratégicos, que incluem tributação, financiamento e garantias às exportações, custos trabalhistas, logística e facilitação ao comércio com simplificação de processos aduaneiros, que possam garantir maior agilidade e menores custos, além de acordos preferenciais.

A entidade não detalha como essas medidas seriam colocadas em prática, mas defende que tal volume projetado pelo programa trará impactos positivos para o País, como o aumento da geração de divisas, superávit na balança comercial do setor, redução do índice de ociosidade da indústria e geração de empregos e de negócios da cadeia produtiva.

O melhor ano do Brasil em exportação de veículos foi 2005, quando foram embarcadas 970 mil unidades, período em que a balança comercial, incluindo autopeças, registrava superávit de US$ 9 bilhões. Em 2012, as exportações totalizaram 486 mil veículos, com déficit de US$ 10 bilhões na balança. Para 2013, as projeções indicam que as exportações devam chegar perto das 550 mil veículos.



Tags: Anfavea, MDIC, veículos pesados, caminhões, ônibus.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência