Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Honda começa investimento de R$ 1 bi em Itirapina
Fábrica ficará pronta no fim de 2015, quando começa a montar o novo Fit

Indústria | 26/11/2013 | 22h50

Honda começa investimento de R$ 1 bi em Itirapina

Fábrica para 120 mil veículos/ano dobra capacidade no País; produção inicia em 2015 com novo Fit

MÁRIO CURCIO, AB | De Itirapina (SP)

Situada entre Rio Claro e São Carlos, a cerca de 200 quilômetros da capital paulista, a pequena Itirapina foi a cidade escolhida pela Honda para sua segunda fábrica de automóveis no Brasil, com investimento de recursos próprios de R$ 1 bilhão. A unidade começa a ser construída em um terreno de 5,8 milhões de metros quadrados, hoje ocupado por grande canavial. A área construída total ocupará entre 370 mil e 380 mil metros quadrados.

Quando concluída, até o fim de 2015, a fábrica deve gerar 2 mil empregos diretos. Se cada um desses postos for ocupado por um itirapinense, 13,3% da população local será de empregados da Honda, já que a cidade tem 15 mil habitantes. Ao ressaltar as qualidades de Itirapina, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, citou a proximidade das rodovias Washington Luís e Bandeirantes, de aeroportos (Viracopos e da própria Itirapina), de um gasoduto e uma ferrovia.

A capacidade instalada em Itirapina será a mesma de Sumaré: 120 mil veículos por ano montados em dois turnos de trabalho, o que dobrará o volume potencial de produção de automóveis da Honda no Brasil. O primeiro carro a sair da futura linha de montagem será o novo Fit (já mostrado no Japão). “A fábrica terá processos modernos de estamparia, soldagem da carroceria com robôs de alta velocidade e pintura à base d’água de três camadas”, afirma o diretor-executivo da Honda Automóveis, Carlos Eigi Miyakuchi.

“A terraplenagem começa ainda no fim de 2013. No meio de 2014 as paredes começam a ser erguidas. Entre o fim do próximo ano e início de 2015 começa a instalação dos equipamentos”, diz o executivo. A produção de plásticos e componentes de motor e transmissão ficará concentrada em Sumaré, onde já se produzem esses itens.

Miyakuchi afirma que não há detalhes sobre futuros fornecedores e se haverá ou não alguns deles instalados ao redor da nova fábrica: “Mas certamente teremos um número maior que o atual”, garante Miyakuchi, alegando que a montadora pretende ter índice de nacionalização médio de 80%. “Nosso foco será nacionalizar componentes ainda importados pelos fornecedores”, diz.

PRODUÇÃO COMEÇARÁ COM FIT

O carro escolhido pela Honda para inaugurar a linha de montagem foi o novo Fit, recém-apresentado no Japão. Mas como o modelo já é um dos três produzidos em Sumaré (ao lado de City e Civic), já em 2014 ele receberá essa mesma atualização na linha de montagem atual.

“Poderemos produzir o mesmo carro nas duas unidades”, diz Miyakuchi. Contudo, é pouco provável que isso ocorra. Tudo indica que Itirapina montará o Fit e o novo utilitário esportivo Vezel, recém-apresentado no Salão de Tóquio e concebido sobre a mesma plataforma do Fit (veja aqui).

A Honda continua descartando a fabricação de um carro mais despojado, mas em breve poderá conceber um modelo desse tipo em seu novo centro de pesquisa e desenvolvimento.

DESENVOLVIMENTO PARA BRASILEIROS

Decorrente de um investimento de R$ 100 milhões anunciado no Salão do Automóvel de 2012, ficou pronto o centro de pesquisa e desenvolvimento da Honda no Brasil, que empregará cerca de 300 engenheiros. As instalações ficam dentro das dependências da fábrica de automóveis de Sumaré e começam a funcionar no início de 2014.

Ali serão desenvolvidos produtos adequados ao gosto do consumidor brasileiro. Com a nova área será possível criar um carro compacto mais acessível do que o Fit e com desenho, dimensões e preço final compatíveis com aquilo que o mercado estiver disposto a pagar.



Tags: Honda, Itirapina, Rio Claro, São Carlos, Carlos Eigi Miyakuchi, itirapinense, City, Civic, Fit, Vezel.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência