Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Negócios | 06/12/2013 | 19h35

Peugeot entrega 180 furgões Boxer ambulância ao Samu

Venda faz parte de licitação de 400 unidades vendida no início de 2013

REDAÇÃO AB

A Peugeot entregou ao Ministério da Saúde 180 furgões Boxer transformados emambulâncias, que prestarão serviços aos chamados do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) em municípios de todo o Brasil. A entrega é parte da venda de 400 unidades do Boxer em licitação vencida no início de 2013. O evento ocorreu em Tatuí (SP) na quinta-feira, 5, na sede da Rontan, empresa responsável pela transformação dos veículos, em comemoração aos dez anos do Samu 192.

O modelo transformado em atendimento móvel de urgência é o Furgão Longo 350 LH com teto elevado e motor diesel 2.3 HDi. O utilitário é oferecido com a opção de vidros laterais no compartimento de carga. Suas dimensões são: entre-eixos de 3.700 mm, comprimento de 5.599 mm, largura de 1.998 mm e altura de 2.450 mm. O compartimento de carga tem 12 m³, 3.360 mm de comprimento, 1.808 mm de largura e 1.881 mm de altura.

A entrega ao Ministério da Saúde se soma a outras realizadas em licitações de diferentes órgãos públicos e de empresas privadas. Segundo a Peugeot, os resultados positivos são fruto de novo plano estratégico do Departamento de Vendas Corporativas do Grupo PSA Peugeot Citroën, definido em 2012. A estratégia se apoia em política comercial competitiva, melhor atendimento de pós-vendas, profissionalização da rede de concessionários no atendimento a frotistas e a oferta de uma ampla gama de veículos de passeio e utilitários.



Tags: Peugeot, Boxer, Samu, Ministério da Saúde, ambulância, licitação, furgão, Rotan.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência