Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Autopeças | 11/12/2013 | 19h35

Bendix cresce 15% e Honeywell vai ampliar produção em 2014

Vendas de pastilhas, lonas e fluídos de freios superam média de 5% do mercado de reposição

PEDRO KUTNEY, AB

A Honneywell Friction Materials comemora em 2013 o crescimento da Bendix no Brasil de três vezes acima da média do mercado de reposição. As vendas de pastilhas, lonas e fluídos de freios da marca devem fechar o ano com expansão em torno de 15%, segundo informa José Rubens Vicari, diretor geral da Honeywell Transportation Systems para a América do Sul (divisão que também fabrica os turbocompressores Garrett). “O avanço está baseado na expansão natural da frota de veículos no País, de 3% a 5% ao ano, mas também na ampliação da nossa linha de produtos, com a inclusão no portfólio de novos itens de reposição e fluídos de freios”, explica o executivo.

Diante da expansão em todas as frentes de negócios da divisão de componentes para freios, tanto no mercado de reposição como no de peças originais que dividem meio a meio os pedidos, a Honeywell já prepara a expansão da fábrica de Sorocaba (SP). “As primeiras máquinas já começaram a chegar e a partir de abril deveremos ampliar em cerca de 25% nossa capacidade de produção”, conta o diretor geral. Com isso, a planta no interior paulista poderá produzir mais de 11 milhões de pastilhas por ano, contra 9 milhões atualmente em dois turnos de trabalho. Mas Vicari explica que tudo vai acontecer sobre o mesmo teto, sem necessidade de obras civis, com aumento de produtividade trazido pelos novos equipamentos e enxugamento de processos.

A Bendix atua no mercado de reposição com cerca de 450 itens (mais de 20 deles lançados este ano). Como terceira marca mais vendida no segmento, o aftermarket representa quase metade dos volumes produzidos em Sorocaba. A outra metade é direcionada ao fornecimento direto para sistemistas, montadoras e suas concessionárias. “Estamos em terceiro lugar no mercado original (OEM), mas deveremos passar para a segunda posição em 2014 com a conquista de novos contratos”, adianta Vicari.

As exportações começaram há pouco tempo, mas já representam 12% das vendas da Bendix, dentro da porção destinada ao aftermarket. Atualmente a Honeywell só exporta suas pastilhas e lonas de freios para a vizinha Argentina e o México. “São mercado importantes, onde existem muitos carros brasileiros em circulação”, diz Vicari.

Na projeção de Vicari, os negócios da divisão de componentes de freios vão continuar a avançar em 2014. Nisso ele já inclui a volta da Bendix para o segmento pesado, com produtos que deverão atender a mais de 90% das necessidades desse mercado: “Vamos continuar a ampliar nossa oferta de produtos, mas também voltaremos a oferecer lonas e pastilhas para caminhões”. Ele acrescenta que o departamento de engenharia desenvolve cerca de 20 novos itens para acompanhar o programa de lançamento de novos veículos previstos pelas fábricas instaladas no País e da crescente gama de modelos importados.

Vicari também conta que haverá um reforço na área comercial, tanto para atender ao esperado aumento dos pedidos como para prospectar novos clientes. “Vamos aumentar o número de pessoas no atendimento e trabalhar melhor com marketing e inteligência de mercado, que hoje é bastante customizado. Precisamos criar soluções específicas para cada cliente”, diz.

Segundo Vicari, a fábrica de Sorocaba trabalha com grande índice de fornecedores nacionais. Atualmente, cerca de 25% dos insumos usados na produção são importados.



Tags: Honeywell, Bendix, aftermarket, reposição, freios, pastilhas, lonas.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência