Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Duas Rodas | 06/01/2014 | 15h30

Motos: participação da Honda chega a 80,77%

Líder de vendas e também a Yamaha tiraram mercado de fabricantes como Suzuki e Dafra

MÁRIO CURCIO, AB

De 2012 para 2013, a participação da Honda no mercado brasileiro de motos passou de 79,64% para 80,77%, apesar de os emplacamentos da fabricante terem recuado de 1,3 milhão para 1,22 milhão de unidades. A participação da Yamaha também cresceu, de 10,5% para 10,92% no mesmo período, embora suas vendas tenham recuado de 172 mil para 165 mil motocicletas.

Em movimento oposto, a terceira e quarta colocadas acabaram perdendo mercado. De 2012 para 2013, a participação da Suzuki caiu de 2,11% para 1,79% e a da Dafra, de 2,05% para 1,69%. Com 0,71% dos emplacamentos em 2013, a Shineray foi a quinta colocada. Um ano antes esse posto era ocupado pela Kasinski, que caiu duas posições.

As cinco motos mais vendidas no Brasil ostentam o logotipo Honda: CG 150 (359.074 unidades), Biz (240.195), CG 125 (200.327), Bros 150 (172.958) e Pop 100 (103.880). Em sexto lugar surge a Yamaha YBR 125, com 75.324 unidades, mas em sétimo dá-lhe Honda novamente com a CB 300R, que teve 45.618 exemplares lacrados em 2013.

MARCAS DE PRESTÍGIO

A retração observada no segmento como um todo, de 7,4% (leia aqui), não se aplica aos modelos de alta cilindrada. A Harley-Davidson viu suas vendas saltarem de 6.856 motos em 2012 para 7.764 em 2013, alta de 13,2%. No mesmo intervalo, os emplacamentos da BMW passaram de 7.351 para 7.599 motos, acréscimo de 3,4%.

Figurando no sexto posto em vendas, a Kawasaki somou em 2013 o licenciamento de 8.985 motos, ligeiro recuo de 2,9% no confronto com o ano anterior.



Tags: Motos, motocicletas, Abraciclo, Harley-Davidson, Dafra, Suzuki, Kasinski, Kawasaki, Shineray, Honda, Yamaha.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência