Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Marketing | 06/02/2014 | 20h30

Suzuki Jimny vai rodar 100 mil km em 100 dias

Projeto pretende mostrar versatilidade do jipinho montado em Goiás desde 2012

MÁRIO CURCIO, AB

Na quinta-feira, 6, dois Suzuki Jimny originais de fábrica deram a largada a um projeto em que irão rodar 100 mil quilômetros em 100 dias. Chamada “Desafio Jimny”, a ação pretende mostrar a versatilidade do jipinho 4x4 montado em Goiás desde o fim de 2012 e assim animar suas vendas. Equipado com motor 1.3 a gasolina de 85 cv de potência, Jimny leva quatro pessoas mais bagagem e tem preço inicial de R$ 56.790. Em 2013 foram apenas 1,55 mil unidades. O Suzuki Grand Vitara, importado vendido a partir de R$ 76.490, teve 3,78 mil emplacamentos no mesmo período.

O presidente da Suzuki Veículos do Brasil, Luiz Rosenfeld, diz que se inspirou numa ação feita no Brasil pela Willys com o modelo Gordini em 1964 e também em uma viagem entre Milão, Roma e Nápoles realizada com um Suzuki Fronte, que hoje repousa em um museu da montadora.

“O percurso será bem variado, com montanha, litoral, piso ruim e asfalto bom. A chegada será em 17 de maio no Autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu”, diz Rosenfeld.” Além da tração nas quatro rodas, o modelo tem caixa de redução. Mede menos de 3,7 metros de comprimento.

“O programa tem a ver com o que mais ouvimos de quem já teve um Suzuki por muito tempo. Será a diferença entre falar de resistência, qualidade e confiabilidade do produto ou demonstrar tudo isso”, recorda o executivo. No início do projeto os carros rodarão cerca de 1,8 mil quilômetros por dia porque a viagem terá trechos de velocidade muito baixa, em torno de 30 km/h. Cada carro levará duas câmeras de vídeo, uma dentro e outra fora. Os dois rodarão juntos.

“Eles farão as dez revisões programadas para o período de 100 mil km em concessionárias”, garante o presidente da montadora. Esses serviços demoram entre uma e duas horas. “Também terão apoio de revendas Pirelli e a Mobil vai retirar amostras do óleo periodicamente para analisar a contaminação, por exemplo.”

Cada carro levará três profissionais, que vão se revezar ao volante. Um deles também será responsável pela alimentação e o projeto prevê paradas diárias para descanso.

Os carros partiram de São Paulo para o Centro-Oeste. O projeto tem três bases, uma em Campo Grande (MS), outra em Vitória (ES) e a terceira em São José dos Campos (SP). O diário de bordo, fotos e vídeos serão compartilhados na página exclusiva no Facebook.com/desafiojimny.

Em 43 anos de existência, o Jimny teve 2,5 milhões de unidades vendidas em 188 países. É o primeiro Suzuki montado no Brasil.



Tags: Suzuki, Jimny, Luiz Rosenfeld, Desafio Jimny, Grand Vitara, Willys, Gordini, Suzuki Fronte, Autódromo Velo Città.

Comentários

  • Paulo

    Bom dia, Parabéns ao executivo que desenvolveu e realizou projetos avançados em toda a sua carreira. Do projeto Formula VW em alumínio até hoje garantem o sucesso desta nova proposta.

  • Valter Prieto

    Faltou apenas dizer que ele chegou ao Brasil com o nome Samurai na reabertura das importações.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência