Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Daimler tem recorde de vendas, lucro líquido e faturamento em 2013

Balanço | 10/02/2014 | 17h20

Daimler tem recorde de vendas, lucro líquido e faturamento em 2013

Vendeu 2,3 milhões, lucrou € 8,7 bi, faturou € 118 bi e projeta avanço da receita

REDAÇÃO AB

O Grupo Daimler encerrou 2013 com diversos recordes: de vendas, faturamento e também de lucro líquido. De acordo com balanço financeiro divulgado pela empresa, foram vendidos no período 2,35 milhões de veículos, o que representa uma alta de 7% sobre as 2,2 milhões de unidades de 2012.

Todas as divisões automotivas contribuíram para o crescimento: Mercedes-Benz Cars, que teve avanço de 8% (para 1,5 milhão de unidades); Daimler Trucks (484,2 mil), com acréscimo de 5%; Mercedes-Benz Vans (270,1 mil), com alta de 7%; e Daimler Buses, que aumentou suas vendas em 5% (33,7 mil).

O lucro líquido do grupo em 2013 foi de € 8,7 bilhões, avanço de 28% em relação aos € 6,8 bilhões obtidos em 2012. E o faturamento somou € 118 bilhões, 3% maior do que os € 114,3 bilhões do ano retrasado. O grupo investiu € 5,4 bilhões em pesquisa e desenvolvimento e € 5 bilhões nas fábricas em 2013.

2014

A empresa prevê um novo crescimento significativo de receita em 2014, graças a “novo portfólio de veículos, contínuos investimentos em tecnologias de produção, e a esperada evolução de mercados”. “2013 foi um ano que não começou muito bem, mas que terminou com muito sucesso. Nossos esforços valeram a pena", declarou Dieter Zetsche, presidente do conselho de administração da Daimler AG e chefe da Mercedes-Benz Cars, durante apresentação dos números. "A Daimler presencia condições muitos boas. As nossas perspectivas para o futuro também nos deixam confiantes de que vamos alcançar os nossos objetivos ambiciosos em todas as nossas divisões."

O grupo acredita que a demanda global por veículos aumentará de 4% a 5% em 2014, impulsionada principalmente pelo mercado chinês. Para o mercado brasileiro, sua atenção está voltada às novas condições do PSI/Finame, linha de financiamento do BNDES, que atende a mais de 90% dos caminhões produzidos nacionalmente. A empresa prevê leve queda em relação ao ano passado nos segmentos de caminhões médios e pesados, em decorrência da nova taxa do financiamento. Mas projeta alta para as vendas de ônibus, por causa da realização da Copa do Mundo de 2014.



Tags: Daimler, Daimler AG, balanço, lucro, receita, faturamento.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência