Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 11/02/2014 | 18h08

Abeiva: vendas sobem 8,6% em janeiro

Com 9.396 unidades, importados têm 3,18% de participação do mercado total

REDAÇÃO AB

As vendas de veículos importados pela Abeiva, Associação Brasileira das Empresas Importadoras de Veículos Automotores, que se tornou Abeifa (leia aqui) cresceram 8,6% em janeiro sobre igual mês do ano passado, ao atingir 9.396 unidades, entre automóveis e comerciais leves, informa a entidade em comunicado divulgado na terça-feira, 11. Este é o maior índice de crescimento registrado pela entidade desde setembro, considerando que todos apresentaram índices positivos no comparativo anual. Já com relação a dezembro de 2013, os emplacamentos deste janeiro foram 3,5% menores.

“Em 2014, poderemos realmente comparar o desempenho das nossas associadas com o ano anterior, pois 2013 foi o primeiro ano completo de vendas das importadoras com o aumento dos 30 pontos do IPI, implementado pelo Programa Inovar-Auto. A comparação de 2013 com 2012 ficou distorcida, pois nos primeiros meses de 2013 muitas importadoras ainda possuíam estoque de veículos embarcados antes do aumento”, declarou Flavio Padovan, presidente da Abeiva.

A participação das 30 associadas da Abeiva ficou em 3,18% no total de licenciamentos registrados no País durante o primeiro mês do ano. No total, foram emplacados 299,7 mil unidades em janeiro, o que inclui os fabricados aqui, os importados pelas montadoras instaladas aqui e os importados pela Abeiva. O volume total representa leve crescimento de 1% quando comparado com janeiro de 2012. Sobre dezembro, o mercado registrou queda de 10,8% nas vendas (leia aqui).



Tags: Abeiva, Abeifa, importados, vendas.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência