Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Balanço | 26/02/2014 | 15h05

Tupy apura lucro líquido 30% superior em 2013

Impulsionada pelo setor automotivo, faturou 17% a mais no ano

REDAÇÃO AB

A Tupy, maior indústria de fundição de ferro da América Latina e maior fabricante de blocos e cabeçotes de motores em ferro fundido do Hemisfério Ocidental, divulgou na quarta-feira, 26, resultados financeiros apurados em 2013. De acordo com o relatório, a Tupy avançou em vários indicadores na comparação com o ano anterior, impulsionada pelo setor automotivo, seu maior cliente.

As vendas cresceram 13%, para 365 mil toneladas de componentes de ferro fundido. O lucro líquido da companhia, que chegou a R$ 86 milhões, foi 30% maior do que o verificado em 2012. No total, a Tupy faturou 17% mais em 2013, o equivalente a R$ 3,1 bilhões, sendo 30% deste valor no Brasil e 70% no exterior.

Entre os fatores que contribuíram para os resultados, estão a influência das unidades mexicanas e a desvalorização de 11% da taxa média de câmbio em 2013 em comparação com 2012. A recuperação das receitas do mercado interno foi resultado basicamente dos fornecimentos para o segmento de veículos comerciais, o que compensou a queda nas vendas para leves. Somente no último trimestre de 2013, com aquecimento de vendas para caminhões semipesados e pesados, o segmento de veículos comerciais cresceu 31,6% e respondeu por 11,6% do total das receitas da companhia.

“Estes resultados são consequência dos direcionamentos estratégicos com que temos trabalhado. Entre eles, destaco a conquista de novos clientes e o fortalecimento da relação com aqueles que já compunham a carteira, além de a melhoria contínua nos processos de engenharia e manufatura, a busca constante pela redução de custos e a participação em projetos que reforçam nossa posição como referência em tecnologia e qualidade”, declara Luiz Tarquinio Sardinha Ferro, presidente da Tupy.

Com a nova oferta pública de ações, encerrada em novembro de 2013, a companhia arrecadou R$ 516,7 milhões, que serão destinados à expansão dos negócios, incluindo possíveis aquisições, e viabilização de projetos de redução de custo que serão empregados ao longo de 2014 e 2015. Somente em 2013, a Tupy investiu em projetos de melhoria R$ 210,4 milhões, 11,9% mais do que em 2012.

“A oferta de ações fortaleceu nossa posição de caixa com recursos que serão aplicados em projetos de otimização operacional e redução de custos, assim como para lastrear outras iniciativas estratégicas de crescimento, sem, no entanto, perder vista do nosso compromisso expresso com a disciplina financeira e com a ampliação dos indicadores de retorno sobre o capital investido”, ressalta Leonardo Gadelha, vice-presidente de finanças e administração da Tupy.

Entre os principais destinos da produção da Tupy estão Brasil, Estados Unidos, México, Reino Unido, Canadá e Itália. Na lista dos clientes do setor automotivo estão Cummins, Ford, Mercedes-Benz, Perkins, Audi, Iveco, MAN, John Deere, Komatsu, Kubota e Peugeot. No Brasil, a empresa tem a Volkswagen e a MWM International entre seus maiores compradores.



Tags: Tupy, balanço, resultados, receita, faturamento.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência