Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Conceito | 26/02/2014 | 15h55

Concurso de design escolhe caminhão futurista

Estudante vencedor desenhou Accelo de 2020 e vai trabalhar na Mercedes-Benz

REDAÇÃO AB

A Mercedes-Benz do Brasil e o Instituto Europeo di Design (IED) divulgaram resultado de concurso, realizado em São Paulo, para avaliar os trabalhos de conclusão do curso de pós-graduação em transportation design (design da mobilidade). Os participantes fizeram projetos tendo como base as características principais do caminhão leve Accelo. O vencedor foi Kléber Terradas, premiado com a oportunidade profissional de seis meses nos estúdios de design da Mercedes.

Os trabalhos foram apresentados com ilustrações digitais, em painéis, que mostram o processo de criação, contendo inspirações, conceitos e desenvolvimento de sketches e, também, por meio de modelos em escala em clay (argila), nos quais é possível ter uma ideia clara do exterior dos veículos em três dimensões.

“A parceria entre Mercedes-Benz do Brasil e o IED visa a formação de profissionais com uma visão inovadora. A edição de 2014 teve como proposta de tema o caminhão leve Accelo, pensando como poderá ser este veículo no ano de 2020”, explica Luís Carlos Costa, gerente do estúdio de design do desenvolvimento da Mercedes-Benz do Brasil.

Desde março de 2013, a Mercedes-Benz mantém parceria com o Istituto Europeo di Design. A escola surgiu na Itália há 47 anos e já formou mais de 90 mil estudantes em todo o mundo. Oferece cursos em laboratórios nas áreas de design, moda, artes visuais e comunicação.



Tags: Mercedes-Benz, Instituto Europeo di Design, IED, design, concurso.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência