Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Lançamentos | 27/02/2014 | 16h10

Volkswagen mostra Golf híbrido em Genebra

Esta é a quinta opção de motorização oferecida para o modelo

REDAÇÃO AB

A Volkswagen apresentará o híbrido plug-in Golf GTE no Salão Internacional de Genebra, na Suíça, de 4 a 16 de março. Esta é a quinta opção de motorização oferecida para o Golf, juntando-se às versões a gasolina, diesel, gás natural e totalmente elétrica. Segundo a Volkswagen, o Golf é o primeiro carro do mundo a ter todos os tipos viáveis de motor. As vendas da versão GTE na Europa começam no segundo semestre.

O Golf GTE é equipado com um motor 1.4 turbo TSI de 150 cavalos com injeção direta de gasolina e outro propulsor elétrico de 75 kW (102 cavalos). Segundo a Volkswagen, em conjunto, os dois motores geram 204 cavalos de potência. O motor elétrico recebe energia de uma bateria de íons de lítio de alta voltagem, que pode ser carregada por meio de um soquete localizado atrás do logotipo VW na grade do radiador. A bateria demora cerca de três horas e meia para carregar em tomada convencional e duas horas e meia em estação de recarga pública. Pesa 120 quilogramas, aproximadamente 8% do peso do carro.

Segundo a NEDC (norma europeia de medição de emissões), o Golf híbrido pode rodar 100 quilômetros com 1,5 litro de combustível (66,66 km/l) e tem autonomia, em modo totalmente elétrico, de até 50 quilômetros. A autonomia total chega a 939 quilômetros. Com o propulsor elétrico, o carro chega à velocidade máxima de 130 km/h. Com os dois motores, o alcance do GTE é de 222 km/h, chegando a 100 km/h em 7,6 segundos.

A transmissão do modelo é automática DSG, de dupla embreagem e seis marchas, que foi desenvolvida especificamente para veículos híbridos - a Volkswagen integrou o motor elétrico à caixa da transmissão. O sistema híbrido inclui ainda componentes eletrônicos de força (que convertem a corrente contínua da bateria em corrente alternada para movimentar o motor) e um carregador. Um servo-freio eletromecânico e um compressor elétrico garantem a operação otimizada e energeticamente eficiente dos freios e ar-condicionado, especialmente quando o GTE for usado em modo "e".

O Golf GTE pode ser utilizado em vários modos, que receberam nomes intuitivos. O motorista pode, por exemplo, acionar um botão para entrar no modo "e", livre de emissões. O condutor também pode usar o botão para trocar para o modo "GTE", que ativa a direção esportiva do veículo.

DESIGN

O Golf GTE com quatro portas será lançado com faróis duplos de LEDs de série. As lanternas direcionais, luzes de estacionamento e a luz de placa escurecida também utilizam tecnologia LED. As rodas de liga leve, de 16 (de série), 17 e 18 polegadas, foram criadas especialmente para o modelo.

No interior, o veículo tem iluminação azul. Na tela de LED de 6,5 polegadas é possível acessar o sistema de entretenimento, além de monitor a autonomia do carro e até programar a recarga da bateria.



Tags: Volkswagen, Golf, GTE, Genebra, híbrido.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência