Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Kia adere ao Inovar-Auto como importadora
Kia Quoris será lançado no Brasil em maio; em junho vem o novo Soul

Legislação | 31/03/2014 | 16h50

Kia adere ao Inovar-Auto como importadora

Empresa terá direito à cota máxima de 4,8 mil carros prevista no programa

REDAÇÃO AB

A Kia Motors do Brasil está inscrita, enfim, como importadora no programa Inovar-Auto. A partir de abril a empresa passa a ter direito à cota máxima de 4,8 mil unidades por ano sem a sobretaxação de 30 pontos percentuais extras no Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). A portaria do MDIC de número 56 foi publicada na segunda-feira, 31, no Diário Oficial da União.

“Para uma empresa que comercializou média anual de 52 mil unidades entre 2010 e 2012, a cota máxima de 4,8 mil unidades por ano não será suficiente, mas certamente vai contribuir muito para que 2014 seja mais alentador”, analisa o presidente da Kia do Brasil, José Luiz Gandini.

Para que a importadora volte a ter competitividade, 6 mil unidades do Bongo produzidas no Uruguai, dentro do regime do Mercosul (e portanto também sem os 30 pontos extras no IPI), serão contabilizadas em 2014. Nas estimativas para este ano, Gandini espera crescimento de 3% sobre os volumes de 2013, ou cerca de 30 mil veículos.

“Para chegarmos a essa projeção, contaremos com a cota de 4,8 mil unidades (sul-coreanas) e 6 mil do Bongo, estes sem a alta de 30 pontos percentuais no IPI, mais cerca de 20 mil unidades com o IPI diferenciado”, estima Gandini.

Segundo o importador oficial, a Kia Motors do Brasil não havia aderido ao Inovar-Auto em 2012 (ano em que o programa foi instituído) porque, na condição de importadora e distribuidora, não poderia atender os requisitos mínimos do programa. “Sem o comprometimento jurídico da montadora sul-coreana, não teria como sustentar nosso compromisso com o governo brasileiro em outubro de 2017, quando todas as montadoras e importadoras precisarão comprovar a redução de emissões”, argumenta Gandini.

Outro cenário é a série de lançamentos que a Kia Motors deve fazer ao longo de 2014. Os dois primeiros já estão definidos, o sedã de luxo Quoris em maio e o novo Soul (segunda geração) em junho. Outros, no entanto, como o do Cerato hatch, a nova Carens e o Cerato Koup, estão adiados pela impossibilidade de praticar preços competitivos.

“De qualquer maneira, agora temos mais alternativas. Com a cota, poderemos direcionar os benefícios fiscais para produtos em alto volume ou para os de nicho, mas sempre em condições igualitárias em relação aos principais concorrentes”, enfatiza Gandini.



Tags: Kia, Kia Motors, José Luiz Gandini, MDIC, Inovar-Auto, Diário Oficial, Quoris, Soul, Cerato.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência