Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Autopeças | 14/04/2014 | 20h19

BorgWarner recebe selo LEED, do Green Building Council Institute

Certificado reconhece práticas sustentáveis na fábrica de Itatiba

REDAÇÃO AB

Com um investimento de R$ 70 milhões, a BorgWarner adequou sua fábrica brasileira localizada em Itatiba (SP) para atender os requisitos do certificado LEED (Liderança em Energia e Design Ambiental, da sigla em inglês), criado pelo Green Building Council Institute, que confere um selo de sustentabilidade para os empreendimentos do setor de construção civil.

A unidade, responsável pela produção de turbos para veículos leves e comerciais, entre outros itens, como ventiladores, embreagens viscosas e sistema de acionamento por corrente, foi a pioneira no País a submeter um projeto multibuilding (vários prédios no mesmo local) e fazê-lo com documentos na Língua Portuguesa. Tradicionalmente, todos os documentos exigidos pelo instituto Green Building são submetidos em inglês.

Segundo o diretor geral da BorgWarner, Arnaldo Iezzi Jr, ao seguir os novos conceitos de sustentabilidade, a empresa registrou uma economia de 43% no uso de água das torneiras, 50% de água para jardinagem e 50% de economia no uso de água dos sanitários. Entre as ações adotadas, estão o uso de sistemas diferenciados de torneiras, com fluxo menor, capazes de economizar recursos, assim como sistemas de ar condicionado que poluem menos, a adoção de métodos de reciclagem e um mecanismo de iluminação natural, que permite uma economia de até 97% de energia elétrica em áreas de uso comum, como o refeitório.

“Para a BorgWarner obter um selo com esse peso é muito importante, não só por buscar a conscientização de melhores práticas em ambiente interno para seus colaboradores, mas também permitir o início de uma reação em cadeia. A partir da adoção de novos comportamentos dentro do ambiente de trabalho, os colaboradores transmitem os conhecimentos para seus familiares e amigos, que os aplicam em suas casas. Assim a economia de água, a coleta seletiva de lixo e a economia de energia elétrica tornam-se parte uma prática comum entre a comunidade. Isso tudo casa perfeitamente com o discurso da BorgWarner em relação às questões ambientais, uma vez que os produtos fornecidos pela fabricante possibilitam a redução do uso de combustível, e consequentemente, da emissão de poluentes, ocasionado pelo downsizing”, explica.



Tags: BorgWarner, fábrica, sustentabilidade, redução, reciclagem.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência