Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Negócios | 16/04/2014 | 15h44

MVC avalia joint venture com Inapal Plástico, de Portugal

Acordo deve ser decidido até junho e prevê investimento de US$ 5 milhões

REDAÇÃO AB

A MVC assinou um contrato de intenções com a empresa portuguesa Inapal Plástico, fabricante de componentes em materiais compósitos termoplásticos e termofixos para a indústria automotiva, que avaliará a formação de uma joint venture no Brasil. O acordo, que será estudado e avaliado até junho, prevê um investimento de US$ 5 milhões para produzir componentes pelo processo de compressão a quente (SMC – sheet moulding compound).

De acordo com Gilmar Lima, diretor-geral da MVC, os negócios da joint venture serão focados nos mercados automotivo, transporte, agronegócio e construção civil.

“Há muitos anos estudávamos o desenvolvimento do processo de compressão a quente (SMC) e a melhor estratégia de implantá-lo. Queríamos entrar nesse segmento com uma tecnologia diferenciada e com a possibilidade de desenvolver o processo mais adequado para o mercado brasileiro. O objetivo dessa nova empresa, que poderá ser criada entre a MVC e Inapal Plásticos é atender a crescente demanda do mercado brasileiro e latino-americano”, disse.

Lima acrescenta que ainda estre ano a joint venture deve desenvolver no Brasil seu primeiro produto, um capô para máquinas agrícolas da CNH.

“O fornecimento deverá ter início no segundo semestre, por intermédio de importação da unidade da Inapal, de Portugal. Em um primeiro momento, o foco será o processo de SMC de alta pressão, em seguida estaremos complementando a nossa gama de soluções competitivas com um sistema diferenciado em relação ao que existe no mercado de SMC, com baixa pressão (LP-SMC). O objetivo é termos uma planta em operação no primeiro trimestre de 2015”, completa.

A aliança terá mão dupla: enquanto a MVC implanta a tecnologia da parceria, a Inapal Plásticos, por sua vez, poderá levar para a Europa processos, tecnologia e produtos da MVC. A projeção da empresa é chegar em 2017 com uma empresa que gere receita de US$ 40 milhões, além de 200 postos de trabalho.

Criada em 1973 em Portugal, a Inapal Plásticos é uma das principais fornecedoras do setor automobilístico de componentes em materiais compósitos termoplásticos e termofixos com um faturamento anual de cerca de € 30 milhões. Atualmente fornece para parte das principais montadoras no mundo, como Audi, Daimler, Fiat, Jaguar, Land Rover, Nissan, Renault, Seat e Volkswagen.



Tags: MVC, joint venture, Inapal, plásticos, compósitos, termoplásticos.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência