NOTÍCIAS
16/04/2014 | 18h57

Lançamentos

Kia leva novo Carnival ao Salão de Nova York

Modelo para oito pessoas tem motor 3.3 V6 e interior versátil


REDAÇÃO AB

Nova geração foi desenvolvida por americanos e sul-coreanos
A Kia Motors levou ao Salão Internacional de Nova York, que ocorre de 18 e 27 de abril, a nova versão do Carnival, veículo para oito pessoas também conhecido como Sedona em diferentes mercados. O motor 3.3 V6 com injeção direta de gasolina é o mesmo que equipa Sorento e Cadenza. Fornece 276 cv de potência. A transmissão é automática e tem seis marchas.

O veículo traz assentos flexíveis para os oito ocupantes e vários porta-objetos. Dependendo da utilização dos bancos, o modelo se transforma em uma sala de estar e todos os Carnival 2015 têm terceira fileira com bancos dobráveis e retráteis.

Por seu sistema de infoentretenimento é possível baixar aplicativos gratuitos para informações sobre tráfego, previsão do tempo, preços de combustíveis e resultados de jogos, por exemplo.

O novo revestimento utiliza tecido protegido contra manchas, mau cheiro e eletricidade estática, evitando aqueles choques comuns em dias frios. A versão topo de linha traz couro. A nova carroceria utiliza aços de alta resistência e tem grande rigidez à torção. A Kia acredita que o modelo receberá cinco estrelas pelo NHTSA, órgão americano responsável pela segurança no tráfego rodoviário.

Para aumentar a segurança dos ocupantes, o Carnival tem controle eletrônico de tração e estabilidade, auxílio a saída em rampa, distribuição eletrônica da força de frenagem, freios ABS e recursos que reduzem a inclinação em curva.
Kia
Carnival tem câmbio automático de seis marchas, oito lugares e interior versátil. Bancos corrediços ou escamoteáveis ampliam espaço para objetos. Nova carroceria está mais resistente a torções. Distância entre eixos aumentou somente 1,6 cm. Chegada ao Brasil ainda não tem data definida.

A Kia Motors do Brasil ainda não definiu quando, mas informa que trará o modelo ao Brasil. Como aderiu ao Inovar-Auto recentemente como importadora (leia aqui), sua cota livre dos 30 pontos extras de IPI é de apenas 4,8 mil unidades, o que leva o importador a fazer um bom trabalho com modelos com este, de menor volume de vendas, mas mais rentáveis.

Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 15/11/2017
Mudança na mobilidade domina discussões do Congresso SAE Brasil

Esta coluna é apoiada por:

Documento sem título
Advertisement Advertisement Advertisement Advertisement
QUALIDADE | 03/07/2017
Rota 2030 terá missão de levar a indústria automotiva nacional até o futuro
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
DE CARRO POR AÍ | 17/11/2017
Chineses entregam operação brasileira à administração dos brasileiros
INOVAÇÃO | 25/10/2017
Indústria precisa questionar qual será o seu papel no futuro
DISTRIBUIÇÃO | 03/08/2017
Marca percorreu caminho árduo e conseguiu destronar a Toyota da 1ª posição
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
AUTOINFORME | 09/11/2017
Luguez firmou parceria com o governo de Ohio
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes
Novas palavras, expressões e siglas podem levantar dúvidas sobre o futuro