Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 17/04/2014 | 19h05

Audi, BMW e Mercedes têm recorde de vendas no Brasil

Futuras fabricantes de veículos premium apostam em 2014 de alto crescimento

CAMILA FRANCO, AB

Audi, BMW e Mercedes-Benz têm muito mais em comum que a nacionalidade alemã e o fato de terem anunciado a fabricação em breve de veículos no Brasil. As três confirmaram neste trimestre forte expansão de suas vendas no País. Todas registraram recordes de janeiro a março e apostam que 2014 será de crescimento acelerado para o segmento de carros premium.

AUDI

A Audi, que voltará a produzir veículos em 2015 em São José dos Pinhais (A3 Sedan e Q3), com investimento de R$ 440 milhões, entregou 3,1 mil automóveis no trimestre no País, volume recorde e que representa quase a metade das vendas da marca em todo ano de 2013, quando emplacou 6,6 mil unidades. Destacaram-se no período o SUV Q3 e veículos da família A4 e A3 (que inclui o recém-lançado A3 Sedan).

Somente em março, consagrado como o seu terceiro mês consecutivo de recordes no Brasil, a Audi teve 891 unidades licenciadas, total 137% maior do que o anotado no mesmo mês de 2013.

“Nosso desempenho no trimestre indica que estamos no caminho certo para manter um crescimento sustentável da marca no Brasil”, avalia Jörg Hofmann, presidente e CEO da Audi no País.

BMW

A BMW, que injeta € 200 milhões para construção de planta em Araquari (SC), que produzirá a partir deste ano os modelos Série 1 e 3, X1, X3 e Mini Countryman, viu suas vendas crescerem cerca de 90%, para 3,5 mil unidades no primeiro trimestre. Seu modelo mais requisitado foi o Série 3, com 109 mil emplacamentos, seguido por BMW Série 1, comercializado pouco abaixo de R$ 100 mil.

Também do Grupo BMW, a Mini teve 625 unidades entregues de janeiro a março, o que representa avanço de 70%. Destacaram-se os Mini hatch, com 405 licenciamentos. Março de 2014 foi o segundo melhor mês da história da Mini desde o seu lançamento no Brasil, com 261 automóveis emplacados, atrás apenas dos resultados de setembro de 2011, quando foram vendidas 277 unidades.

MERCEDES-BENZ

Os emplacamentos de veículos premium da Mercedes-Benz, que investe de 2014 a 2016 R$ 500 milhões em fábrica de Iracemápolis (SP), somaram 2,4 mil unidades no trimestre, em crescimento de 30% sobre igual intervalo de 2013, quando emplacou 1,8 mil veículos. A família Classe C liderou as vendas no período, com participação de 40% do total de automóveis comercializados, seguida pelo Classe A, que totalizou 512 unidades.

NOVOS RECORDES EM 2014

As três fabricantes apostam que 2014 será um ano importante para o segmento de veículos premium. A Audi espera vender 10 mil veículos no País. “Os investimentos que estamos fazendo para ampliar o portfólio, a rede de concessionárias e também para termos em breve uma nova fábrica da Audi no Brasil, demonstram que nós acreditamos que esse é um número possível e que ainda temos muito para crescer no mercado brasileiro a partir de 2014”, afirma Hofmann.

Arturo Piñeiro, presidente e CEO do BMW Group Brasil, promete: “Neste ano em que instalaremos nossa primeira fábrica de automóveis no País, temos metas audaciosas de vendas para todas as marcas do grupo e continuaremos trabalhando para conquistar os brasileiros com produtos de alta tecnologia e desempenho e design únicos.”

A Mercedes-Benz aposta na chegada do GLA, novo SUV compacto da marca, e da nova geração da Classe C, no segundo semestre, para continuar em ascensão. “Temos previstos 17 lançamentos para o Brasil até o fim do ano. Nossa meta é superar os resultados que conquistamos em 2011, quando vendemos aproximadamente 10,5 mil automóveis”, afirma Dimitris Psillakis, diretor geral de automóveis da Mercedes-Benz do Brasil.



Tags: Audi, BMW, Mercedes-Benz, vendas, premium, veículos, importados.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência