Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 29/04/2014 | 21h00

Brasil tenta liberar entraves com Argentina

Ministro Guido Mantega admite necessidade de estímulo às exportações

REDAÇÃO AB E AGÊNCIA BRASIL

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse no dia 28, segunda-feira, em palestra na capital paulista, que são necessários novos estímulos às montadoras de automóveis como forma de viabilizar o aumento das importações pela Argentina, destino de cerca de 80% das exportações brasileiras de veículos, que caíram 32,7% no primeiro trimestre, derrubando também a produção total em 8,4% no mesmo período. “Neste momento, há uma dificuldade de exportar para a Argentina, que é nosso principal parceiro automobilístico. Houve retração da exportação para um mercado importante”, declarou, ao participar de um seminário organizado por uma editora.

Na terça-feira, 29, Mantega teve uma reunião em seu gabinete em Brasília para discutir o assunto. Estiveram presentes o presidente da associação nacional dos fabricantes de veículos (Anfavea), Luiz Moan, representantes da Adefa, a associação das montadoras na Argentina, o ministro da Economia do país vizinho, Axel Kicillof, sua colega da pasta da Indústria, Débora Giorgi, e o ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Mauro Borges. Nenhuma decisão final foi tomada para melhorar o fluxo de comércio de veículos entre os dois países, mas foram apresentadas propostas que serão melhor discutidas em novas reuniões marcadas para a próxima semana, nos dias 6 e 7 de maio.

Em nota conjunta distribuída após a reunião, os ministérios da Fazenda e do Desenvolvimento informaram que "os governos e representantes do setor privado de Brasil e Argentina assumiram o compromisso de estudar formas para o aumento das compras bilaterais do setor automotivo. Os parâmetros e as metas para o incremento do comércio na região serão definidos por grupo de trabalho composto por representantes dos governos e dos setores privados, que se reunirá nos dias 6 e 7 de maio, em Brasília", diz o texto. Ainda segundo o comunicado, os governos de Brasil e Argentina "estudam o uso de instrumentos financeiros para a garantia das operações comerciais".

No evento da segunda-feira, Mantega destacou que o governo está negociando com o país vizinho a liberação de entraves para exportação de automóveis e viabilizando financiamento. O ministro justificou os estímulos como parte de uma política econômica para evitar o desemprego. Além disso, segundo ele, é uma forma de estimular indústrias que têm um peso no crescimento do Produto Interno Bruto (PIB).



Tags: Guido Mantega, Luiz Moan, montadoras, exportações, Fórum da Indústria Automobilística, PIB.

Comentários

  • ALENITA

    ESPERO QUE RESOLVEM ESSE IMPASSE O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL,POIS TEM MUITOS PAIS DE FAMILIA ,PESSOAS COM MAIS DE 40 ANOS QUE ESTÃO SENDO MANDADOS EMBORA POR CAUSA DISSO.E VCS SABEM QUANDO UMA PESSOA DE 40 ANOS PERDEM UM EMPREGO NÃO CONSEGUE ARRUMAR OUTRO POIS MUITOS ACHAM QUE JA NÃO SÃO MAIS APTOS PARA O TRABALHO

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência