Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Balanço | 12/05/2014 | 15h10

Tupy obtém lucro líquido de R$ 30,1 milhões no 1º trimestre

Resultado é 51,7% maior que o de igual período do ano passado

REDAÇÃO AB

A fundição Tupy fechou o primeiro trimestre de 2014 com lucro líquido de R$ 30,1 milhões, que corresponde a crescimento de 51,7% sobre o verificado no mesmo período do ano passado. As receitas do trimestre inicial de 2014 foram de R$ 805 milhões, 14,7% maiores que em igual período do ano passado.

Segundo a empresa, grande parte do crescimento veio do mercado externo, onde se registrou ampliação de receita em 22,4% sobre o primeiro trimestre de 2013, passando de R$ 466 milhões para R$ 571 milhões.

No período, a receita do mercado interno mostrou leve retração de 0,5%. Segundo a Tupy, a América do Norte foi responsável por 50,9% da receita da empresa. As Américas do Sul e Central detiveram 30,3% e a Europa, 14,2%. Os 4,6% restantes foram provenientes da Ásia, África e Oceania.

“Os números consolidam nossa vocação exportadora (...) O resultado reflete a execução do nosso plano estratégico, com foco na diversificação entre diferentes segmentos, regiões e produtos de maior valor agregado”, afirma o vice-presidente de finanças e administração, Leonardo Gadelha.

A participação do mercado externo na receita total da Tupy cresceu dos 66,4% registrados no primeiro trimestre de 2013 para 70,9% no mesmo primeiro de 2014. O desempenho foi elevado especialmente por itens para veículos comerciais e máquinas de construção, industriais e agrícolas.

O crescimento do lucro antes de taxas, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado foi acompanhado de melhora na margem Ebitda. A margem do Ebitda ajustado cresceu 2,9 pontos porcentuais no primeiro trimestre de 2014, passando de 13,7% para 16,6%. É a melhor margem do indicador para os três primeiros meses desde 2010.

O endividamento líquido da empresa caiu de R$ 664,5 milhões para R$ 617,3 milhões entre o fim do exercício de 2013 e o primeiro trimestre do ano atual. Com isso, a relação entre a dívida líquida e o Ebitda ajustado anualizado caiu de 1,36x para 1,17x.

O total de investimentos no ativo imobilizado e intangível nos primeiros três meses deste ano foi de R$ 55,7 milhões, 90,1% a mais do que no período equivalente de 2013. Os principais investimentos no trimestre foram em melhorias na produção, adaptação de uma das linhas de produção de ferro vermicular no Brasil e continuidade do projeto de implantação do Sistema Integrado de Gestão Empresarial (ERP).



Tags: Tupy, lucro líquido, receitas, Ebitda, Leonardo Gadelha.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência