Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Legislação | 19/05/2014 | 18h19

E-Social impactará na gestão das empresas

Mais de 130 informações do empregador serão digitalizadas

LUCIANA DUARTE, PARA AB

A agilidade na declaração de dados sem que as empresas tenham de inflar seus quadros está entre os principais desafios da Indústria Automobilística nos próximos meses. “O número de informações mandatórias que exige o Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais Previdenciárias e Trabalhistas (E-Social) ultrapassa 130 itens para cada empregador”, disse Carlos Alberto Antonaglia, diretor da Ernst Young, durante o II Fórum RH na Indústria Automobilística, promovido por Automotive Business na segunda-feira, 19, em São Paulo (SP).

Segundo o consultor, hoje boa parte das informações processadas no setor de RH das empresas estão descentralizadas. “De 30% a 40% dos dados estão arquivados em mais de um departamento”, estima. Para ele, a digitalização das informações dos empregadores exige, além de investimentos mínimos em tecnologia e recursos humanos, integração entre os departamentos jurídico, financeiro, fiscal, TI e segurança do trabalho.

Contudo, na visão do especialista, o governo não preparou as empresas brasileiras para essa evolução. A maioria não está pronta para atender as exigências do E-Social e sente dificuldade para se integrar ao mundo digital. “O caminho para o sucesso na implantação da ferramenta é cada empresa criar um grupo multidisciplinar envolvendo essas áreas na unificação correta de todos os dados”, aconselha Antonaglia. Segundo Antonaglia, após a publicação em 17 de julho de 2013, do Ato Declaratório Executivo da Receita Federal do Brasil, várias empresas procuraram a Ernst Young para implementar o programa. “Hoje essa demanda já representa 90% da nossa receita”, calcula.

De acordo com o cronograma do E-Social, a partir do segundo semestre de 2015 todas as empresas brasileiras serão obrigadas a cumprir o regulamento. “Estimamos de 4 a 6 meses para que todas possam concluir a migração dos dados”, calcula. Com essa medida em prática, o Fisco obterá muitas informações trabalhistas, previdenciárias e fiscais das empresas e vai estruturar diversos meios para cruzar todos esses dados.

CONTRA FRAUDES

Além de unificar os envios de informações do empregador, o E-Social promete transformar as relações trabalhistas no Brasil. A novidade vai simplificar o cumprimento das obrigações principais e acessórias para redução de custos e da informalidade. O programa também tem com objetivo garantir os direitos trabalhistas e previdenciários e aprimorar a qualidade de informações da seguridade social. E claro, aumentar a arrecadação ao reduzir inadimplência, sonegação, erros e fraudes.



Tags: E-Social, Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais Previdenciárias e Trabalhistas, II Fórum de RH na Indústria Automobilística.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência