Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Troller 2015 aparece pela primeira vez
Jipe passa a usar motor diesel de cinco cilindros da Ranger (foto: Mário Curcio)

Lançamentos | 01/06/2014 | 02h32

Troller 2015 aparece pela primeira vez

Novo jipe T4 mudou geral, do desenho da carroceria ao processo produtivo

MÁRIO CURCIO, AB

Pela primeira vez, a Troller mostra em público o seu novo jipe T4. A carroceria foi toda redesenhada. Ainda é feita de fibra de vidro, mas o processo de fabricação agora é outro. Sai de cena o antigo “hand lay up”, com a deposição de material feita camada sobre camada, e entra o SMC (Sheet Molding Compound), que faz a pré-conformação da resina, das fibras de reforço e outros componentes empregados.

“A mudança melhora a qualidade da superfície, o acabamento e a produtividade”, afirma Wagner Conceição, gerente da fábrica instalada em Horizonte, no Ceará. A unidade emprega hoje 460 funcionários e pertence à Ford desde janeiro de 2007, que pela primeira vez reformulou o jipe T4 por inteiro. Desde a aquisição, a média mensal de emplacamentos do T4 só ficou acima de 100 unidades de 2009 a 2011.

“Com o novo processo produtivo e a fábrica totalmente renovada, conseguiremos chegar a volumes bem maiores. Poderemos entregar (ao mercado) o que for preciso”, afirma o gerente de marketing, vendas e pós-venda da Troller, Wilson Vasconcellos.

A Ford ainda não revela pretensão mensal de vendas nem capacidade produtiva, mas vem reestruturando a rede Troller: “São hoje 20 pontos de venda no País. Temos agora novos grupos (de empresários donos de revendas) e as concessionárias têm novo padrão”, diz Vasconcellos.

COMO FICOU O T4
Troller T4 modelo 2015
Jipe T4 passa a ter motor 3.2 turbodiesel utilizado pela Ranger e fabricado pela Ford argentina. Volante, quadro de instrumentos e outros itens do painel também vêm da picape. Interior dos primeiros carros mostrados revela capricho no acabamento (fotos: Mário Curcio)

O novo Troller T4 tem desenho muito parecido com o do protótipo TR-X, mostrado no Salão do Automóvel de 2012. Segundo a montadora, as dimensões básicas são muito parecidas, assim como o peso. O desenho interno também é bem atual e agrada. O quadro de instrumentos vem da picape Ford Ranger.

O motor de cinco cilindros Duratorq produzido na Argentina também, mas a Troller ainda não divulga potência. Na picape, esse 3.2 turbodiesel produz 200 cv de potência. A montadora não descarta uma futura versão com câmbio automático (o manual é de seis marchas) ou motor a diesel de quatro cilindros para expandir a cobertura de mercado, mas sempre sobre o jipe T4: “A Ford não cogita outro produto”, afirma Vasconcellos.

Sem citar números, a montadora informa que aumentou a altura livre do solo e também os ângulos de entrada e saída de obstáculos. O conforto em uso urbano também estaria melhor, mas tanto a suspensão dianteira como a traseira mantiveram o eixo rígido.

Desde o lançamento do primeiro Troller, em 1996, o modelo só havia recebido melhorias técnicas, retoques de estilo e trocas de motor. Até mesmo motor Volkswagen AP ele usou em seus primeiros anos. O desenho básico da carroceria ainda era o mesmo, inspirado em uma antiga geração do Jeep Wrangler.

O Troller 2015 ainda não tem preço, mas deve chegar com valor semelhante à tabela de R$ 96.844 da versão 2014. Hoje ele tem concorrentes com preço inferior, como o Suzuki Jimny, que começa em R$ 58.990, também tem carroceria de duas portas, tração 4x4 e reduzida, mas utiliza motor 1.3 a gasolina de 85 cv. Outro rival em preço é o consagrado Pajero TR4. Com quatro portas, tração integral, reduzida e, de quebra, câmbio automático, ele sai por R$ 78.990. Seu motor é um 2.0 flex com até 140 cv.



Tags: Troller, T4, Ford, Horizonte, Ceará, jipe, SMC, Marcos Conceição, Wilson Vasconcellos.

Comentários

  • DIROFF

    Esses caras estão "voando"!!! R$ 98000 porum jipinho???? Sai fora, campeão!!!

  • Heverton

    Pelo amor Troller automatico não vai matar a lenda off road.

  • Kato

    Nascido no Brasil Com preço da Europa. Sugando até sua alma. Por essas e outras que o Brasileiro vive andando pra traz...

  • Erialdo

    Ao meu vê , ficou bonito . O negócio é produzir !

  • valter

    O LADA era muito mais bonito...

  • robinsonhoto

    pronto... deram conta de transformar o troller num jipe de fresco... FORD lanca seu novo TATU (Trollhão para Atividade em Terreno Urbano) pq em trilha, soh o troller da troller pra dar conta... Jipeiro detesta frescuras... a ford poderia ter mantido a mesma carroceria, de fibra com 4mm, o mesmo chassi blindado, colocado um motor mais potente e sem frescuras eletrônicas, uma transmissao mais parruda e nada de destas besteiras automáticas (jipeiro gosta de ter controle de sua viatura)... a ford poderia montar uma versão de troller 4 portas para uso em cidade, ai sim, em cima de um chassi de ranger CS... me perdoa ford, mas, 6 fordeu o troller!

  • Omar Carregosa

    Isto tudo é só um meio de maquiar a dinamica Brasileira, não teremos uma Montadora Genunamente do Brasil Nunca!!!!Aqui vale a maxima que temos a obrigação de sermos subservientes aos maximos do Velho mundo e Americanos de m... Nossa cultura será sempre de termos grandes idéias mas, passarmos estes conhecimentos aos senhores maximos, tanto do Velho mundo quanto aos Americanos de m..., Nosso povo esta exaurido de tanta corrupção e desmando deste governo altamente ladrão!!!!(Eu lembro de uma entrevista do idealizador desta plataforma no seu inicio, o quanto este senhor queria produzir e vender suas idéias por aqui, produzindo bens e inovações; hoje vejo este senhor sendo apenas mais um na linha de gerenciamento de uma montadora Americana e não a construção do seu verdadeiro sonho! é lamentável mas é a pura verdade) Vamos lá, me mostrem quantos destes veículos estão no mercado externo? Lixo maquiado sendo vendo a peso de Ouro por aqui mesmo!!!!!!!

  • Toniollo Torquatro

    E ainda tem Otários que compram e se sente muito feliz e com 'ar de superior' dentro desta casca de ovo goro. Só nesta "TERRA BRASILIS" MESMO...!!!!

  • Zambone

    Uma pena, parece que as montadoras nao entendem um nicho de mercado que eh o de veiculos puramente Off-Road para enfiar na lama mesmo.Acham que todos sao fazendeiros ou aventureiros urbanos e enchem o carro de acessorios, ou seja, fazem mais um SUV pro mercado ja saturado destes modelos...Por isso os antigos jipes (CJs e etcs) continuarao sendo os preferidos...Porque eh tao dificil fazer um carro forte, simples e barato?

  • Milton Pinto

    Ficou bonito, basta saber se da pra ir pra trilha ou se vai ser carro de shopps...

  • Garibaldi Soares de Oliveira

    9 anos de alegria com o meu 2.8 , 2005...140.000 kms de norte a sul, leste a oeste..um burro mulo, que enfrenta todo terreno sem reclamar...Claro que a motorização do 2015 é moderna, ouvi dizer que ele vem com 3 diferencias o que é otimo, tipo o defender...neste caso seria 4x4 direto ...otimo...resta saber se aumentou o espaço de bagagem, se tem sto.antonio, se a fibra aguenta uma pessoa de 100 kgs andar em cima da capota...se os para choques são de ferro...ou são de plasticos...o que acabaria com o objetivo da trilha pesada....

  • nilson markoski

    Já to na fila para comprar um , deram uma modernizada no velho guerreiro . Só espero que tenham se preocupado em manter o espirito off-road . Que de nada adiantaria faze-lo mais on-road e esquecer seu principio básico que é trilha. Parabéns a montadora.

  • Pedro

    Também acho que é muito preço para pouca estrutura. As imagens do fundo do carro revelam claramente que o chassi é fraco. Tem muito fio passando por entre os ferros e isso é problema quando se pega atoleiro profundo com pedras. Carro alto demais (será que tomba se entrar numa vala?) e distância entre eixos aumentada (será que sai do atoleiro?). Percebi no primeiro vídeo de lançamento que teve montagem quando o jipe entra num atoleiro c/ água. Tenho certeza que ele parou. E depois eles recomeçam o vídeo filmando o troller pela traseira saindo do meio do atoleiro para diante. Não vi o smokel. Será que vai tê-lo? Os jipeiros devem estar uma arara com Se concelho de leigo servir: mantenham o "trollinho" como a FIAT fez com o mille. E depois vejam se dá p/ manter os dois no mercado.

  • Luiz Antonio Vilela

    Parabéns `a Ford Troller. Ficou um espetáculo, eu daria nota 9. Para ser nota 10 só faltaria uma versão 4 portas e automática. Espero que realmente seja confortável na cidade e em viagem no asfalto, assim eu teria coragem para adquirir um, que seria o veículo para todas as horas, i.e., dia a dia na cidade, longas viagens e algumas aventuras no campo. Outro recado para a Ford: cuida bem do pós-venda, pois isto não aconteceu com a nova Ranger, da qual desisti da compra por esta falha - ouvi relatos de defeitos que imobilizaram o veículo por um mês ou mais por falta de peças, e até casos de consumidores terem que reclamar na justiça.

  • roberto lucio

    Acho que as mudanças apenas refinam o jipe e o torna mais frágil, além de desvalorizar os modelos mais antigos. Se continuar assim nós jipeiros preferiremos o Defender, da Land Rover, que é um Jipe forte e quase imutável, razão pela qual não perde muito valor com o passar do tempo. Resumo o Troller virou objeto de consumo.

  • edison flores

    O troller completo (INCLUSIVE AUTOMATICO, TETOR SOLOR DUPLO, ETC) com 4 portas, um pouco mas longo para o porta mola, tipo wangler da jeep, seria bem vindo no mercado, inclusive teria mais publico que o da versão atual, me perdoe os jipeiros, mas as opções para eles são muitas.

  • Roger Scalioni

    Se tivessem conservado mais as linhas do T4 com certeza ficaria mais off road, ficaria com mais cara de aventureiro, entretanto, ainda assim parece que ficou legal. Este tipo de viatura não é prá qq um, é pra quem pode; quem tem grana prá gastar. Estes não reclamam, apenas compram ou não compram.

  • Fabio Cirilo

    Troller é troller. Nasceu em Ceara. E brasileiro para o solo brasileiro é jipe. Quem já se viu jipe eletrônico? Troller é para fabricar jipe para que o jipeiro brasileiro possa comprar, porém não e o que está ocorrendo. Não e fácil pagar 96.800,00 por um jipe. FORD não descaracterize o TROLLER. Trller é forte igual ao nome. Mas é preciso dá condições de nós brasileiros comprar .

  • Antonio Rainho

    Se a Ford quer fazer um jeep urbano, prq não melhorou também a suspensão (mais Macia) e botou 4 portas??? Para um fora de estradas, acabaram com o Troller!!!!!!!!!!!

  • Roberto Tibúrcio

    Ficou maravilhoso, vou esperar o lançamento com o cambio automático!! Esse motorzão de 200cv é o máximo, parece um canhão, se for chipado então meu Deus!!?? Pula pra 255 CVs....não tem pra ninguém!!! Com um espaçador nas rodas e com pneus BF de 35°.... fechou!!! Ai a concorrência num vai GUENTÁÁÁÁÁÁÁ!!!

  • Marcos

    Como pode um wrangler nos EUA custar no máximo us 25.000,00 e um jipe que nao tem abs custar r$ 110.000,00 -aqui por isso brasileiro sofre....

  • Edvaldo Carlos de Lima

    Gostaria de adquirir um troller 2015.

  • jose.marques

    isso que é jipe e não aquele beberrão w

  • Ginaldo Serfim de Moura

    Eu acho interessante e gostaria de saber sobre o consumo deste TROLLER com o motor 3.2 diesel quá e o consumo deste veiculo.

  • RENATO PORTELA

    Continuando: No meu caso gostaria muito de comprar uma, tenho família e como outros amigos meus, querem muito, sei que os esforços são muito para melhoria e que agradem todos, deixo ai meu desejo enorme de ter uma, grande abraço, espero que tenha ajudado em algo. Espero respostas.

  • RENATO PORTELA

    Ola diretores e responsáveis por esse lindo jeep, não sei se vai adiantar muito o que tenho a falar, sou admirador assíduo da Troller no Brasil, mas sou sempre criticado por outros que dizem gostar mas colocam muito defeito por não dar nenhuma chance para a classe familiar que gostariam muito de ter um Jeep como esse. Os exemplos que posso dar são: - porque não fazem um Troller para aquela classe mais exigente, pessoas com família que pensam só em viajar passear para alguns lugares que não seja trilha. - porque é tão difícil o acesso na parte de traz para entrar os passageiros ou mesmo colocar uma criança na cadeirinha. - porque não é um pouco mais alongada ou simplesmente aumentar uns 20 cm para ter 4 portas, e etc.

  • Manoel Emidio

    Na minha opinião o novo troller ficou muito bonito , tanto na altura como no estilo estão com cara de jipão mesmo , agora que fiquei sabendo da motorização vi que estão andando no caminho certo , só falta mais para frente oferece-lo na opção de 4 portas afinal um veiculo deste porte não deveria ter como base 2 portas, mas é uma questão de opinião ou gosto. parabéns pelo produto.

  • Edison Picelli

    Bom acho que a melhora foi bastante significativa com mudança na estética e mecânica, principalmente as mudanças que passam batidas como o diferencial traseiro que agora substituindo o dana 44 por um modelo mais forte com sistema de umbigo e no meu ver muito mais eficaz e fácil de manutenção , não deveríamos comparar o troller com jemni ou tr 4 , tanto em preço e nem eficácia em uso off road , seria comparado ao wangler que é bem mais caro e os dois originais o troller é muito mais eficaz, inclusive na economia e autonomia pelo fato de ser movido a diesel , quanto o cambio automático acho eu que teria as duas versões , eu particularmente prefiro automático , quanto o jipeiro não gostar de tecnologia , besteira compram um jeep e enchem de equipamento tecnológico como ignição eletrônicas motor com injeção, bloqueio elétricos etc...gostei do carro e das inovações, brasileiro sempre contrários a inovações mais acabam se dobrando a melhorias e tecnologias que vem pra somar.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência