Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Crédito | 02/09/2014 | 20h15

Após medidas do BC, Banco do Brasil e Itaú reduzem taxas e aumentam prazos

Juros para financiamentos de veículos ficam abaixo de 1% ao mês para clientes

REDAÇÃO AB

Em resposta à redução dos depósitos compulsórios e provisões de risco, desde o dia 1º de setembro o Banco do Brasil reduziu a taxa de juros para o financiamento de veículos, sendo 0,97% ao mês (12,28% ao ano) para modelos novos e 1,18% a.m. (15,12% a.a.) para usados, ambos com prazo de até 60 meses, informou a instituição em comunicado. A linha de crédito com o valor promocional financia 100% do valor do veículo e oferece até 180 dias de carência, sem a cobrança de tarifas na operação.

Na semana passada, o Itaú também anunciou redução da taxa de financiamento de veículos novos, de 1,30% para 0,99% ao mês. A medida financia veículos com prazo de até 24 meses e é válida tanto para clientes do banco quanto para não correntistas. Em nota, o banco informou que o objetivo é contribuir com o crescimento da carteira automotiva: “Acreditamos que esse movimento possa gerar demanda adicional em função da taxa de juros atrativa, com perfil alinhado ao nosso apetite de risco”, disse em comunicado Luis Fernando Staub, diretor executivo do Itaú Unibanco responsável pela área de financiamento de veículos.

As reduções de juros e aumento de prazos já refletem as medidas de relaxamento de depósitos compulsório e provisões de risco anunciadas pelo Banco Central no fim de agosto (leia aqui), a fim de aumentar a oferta de crédito nos bancos e especialmente para alavancar o mercado de financiamento de veículos, que amarga quedas consecutivas (leia aqui).



Tags: Financiamentos, veículos, taxas, juros, banco, BC.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência